quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Jovem assassinado em Vargem Grande estava no hospital para acompanhar nascimento da filha

Wendeo e o pai Francisco.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Conforme noticiamos mais cedo em primeira mão, na manhã desta quarta-feira (22), por volta das 8h30, o jovem Wendeo Erick Silva Araújo, de 17 anos, foi alvejado com vários disparos de arma de fogo em frente ao hospital municipal Benito Mussoline, em Vargem Grande, sendo que três tiros atingiram sua cabeça (relembre).

A equipe médica plantonista do hospital prontamente prestou todo atendimento necessário e o encaminhou para São Luís em estado de saúde considerado grave, mas o jovem não resistiu aos ferimentos provocados pelos projéteis e o óbito foi confirmado quando a ambulância passava por Santa Rita (saiba mais).

Segundo informações colhidas pelo Titular do Blog, Wendeo Erick estava no hospital com sua companheira, que estava em trabalho em parto. Ela deu à luz a uma menina às 11h. Minutos depois, cerca de 11h30, o pai da recém-nascida faleceu. Já o avô paterno, portanto pai de Wendeo, identificado como Francisco Costa, sofreu um acidente de moto na Avenida Castelo Branco, teve traumatismo cranioencefalico e fraturou o braço esquerdo. Ele foi transferido para São Luís e passou por intervenção cirúrgica (reveja).

De acordo com informações do delegado Bruno Sobreira, em entrevista a TV Líder, Wendeo já tinha passagens pela polícia, principalmente por envolvimento em assaltos a moto na cidade. Por esse motivo, a polícia acredita que o crime se trata de execução e/ou acerto de contas. Inclusive, o autor já foi identificado, mas segue foragido.

5 comentários: