terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Gerente de academia é preso com duas tornozeleiras eletrônicas no Maranhão

Indivíduo usava duas tornozeleiras.
Um gerente de academia de Timon, de 27 anos e que não teve sua identidade revelada pela polícia, foi preso nesta terça-feira (27), em Timon, usando duas tornozeleiras eletrônicas. A prisão aconteceu no bairro Leonel Brizola no início da manhã. Além de trabalhar na academia, ela ainda cursa Ciências Contábeis na Universidade Estadual do Maranhão.

Ele foi preso para cumprir uma condenação por roubo majorado, de 15 anos de detenção pela comarca de Timon. O crime de roubo é considerado majorado quando é cometido com violência ou grave ameaça à vítima, quando há a participação de duas ou mais pessoas no crime ou quando as vítimas são ameaçadas com uso de arma. O preso é suspeito de roubar chácaras nas cidades de Teresina e Timon na companhia de outros dois homens. O grupo é conhecido por utilizar armas de fogo e empregar violência nos crimes.

As duas tornozeleiras utilizadas pelo preso são referentes aos crimes de roubo cometido por ele, nas cidades de Teresina e Timon, tanto que uma pertence à Justiça do Maranhão e o outro a do Piauí. A prisão foi efetuada pela Divisão de Captura e Inteligência (DICAP) do 2º Distrito de Polícia de Timon. O delegado Cláudio Mendes, disse que em 20 anos de atuação na Polícia Civil não tinha visto um indivíduo usando duas tornozeleiras.

Do Portal Cidade Verde.

Iracema Vale esclarece sobre processo de escolha do novo membro do TCE e declara apoio a Flávio Costa

Iracema Vale.
A presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB), esclareceu, na sessão plenária desta terça-feira (27), sobre o processo de escolha do novo membro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que deverá ocupar a vaga pertencente à Alema. A chefe do Parlamento Estadual declarou ainda apoio ao advogado Flávio Costa, pré-candidato à Corte de Contas na vaga aberta com a aposentadoria antecipada do conselheiro Washington Oliveira, e reforçou que a Casa seguirá todo o rito Constitucional, assim como tem feito ao longo dos anos.

Iracema Vale se pronunciou após o deputado Carlos Lula (PSB), que também se declarou pré-candidato à vaga, apresentar requerimento à Mesa Diretora questionando a legitimidade da candidatura de Flávio Costa, uma vez que, segundo ele, é prerrogativa da Assembleia a indicação. “Nós vamos escolher de forma democrática, como sempre foi e o fazemos há muitos anos. Sobre o requerimento à Mesa, vamos analisar. Vossa Excelência é um jurista respeitado no estado, inclusive foi meu advogado e temos esse respeito pelo senhor enquanto jurista. Vossa Excelência é consultor da Casa de Direito Constitucional há muitos anos. Só me surpreendeu suscitar esse problema agora, nesse exato momento em que Vossa Excelência manifesta o seu interesse, mas nós vamos analisar e cabe a mim, como presidente, ver qual conduta a Casa vai tomar. Faremos o que a nossa assessoria jurídica nos apontar”, garantiu a presidente da Alema.

A chefe do Parlamento Estadual frisou que o processo de escolha do novo membro do TCE seguirá o que dita a Constituição Estadual e as leis em vigor, de forma transparente, democrática e legítima. “Nós não vamos querer que a Casa ou algum deputado judicialize uma questão para que a Assembleia perca judicialmente, porque o nosso interesse é manter um processo eleitoral correto e legítimo, e assim o faremos. Desde que estou na Presidência da Casa, tivemos a oportunidade de escolher dois membros para o TCE e nunca foi inconstitucional a prática que a Assembleia cometeu e não vai ser agora”, afirmou.

Por fim, Iracema Vale parabenizou o deputado Carlos Lula por também se colocar pré-candidato, mas ponderou que, apoiada em um pensamento coletivo e de unidade do grupo político, apoiará o pré-candidato Flávio Costa pela sua competência, trajetória e por possuir a qualificação necessária para ascender à Corte de Contas. “Vossa Excelência está de parabéns por se colocar candidato. Falou que é fruto de um pensamento coletivo e não de um pensamento individual seu. E, por isso, também por um pensamento coletivo, quero manifestar o meu apoio ao advogado Flávio Costa. Eu conheço a história desta Casa e estou na política há 30 anos. E os grandes governadores que passaram, todos tiveram condições de, junto com os deputados, manifestar apoio aos membros daquela Corte. Nunca se disse aqui que a Casa ficou subordinada à vontade de ninguém. É sempre feita a vontade da maioria dos deputados”, assinalou a chefe do Legislativo maranhense.

Vargem Grande: Grupo CB assume presidência do Progressistas, partido do Ministro Fufuca

Barros Filho e Fufuca.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

O Grupo CB segue com intensas articulações políticas visando as eleições deste ano em Vargem Grande e nesta terça-feira (27) garantiu mais um importante partido em sua base de sustentação. O engenheiro civil José Barros Filho assumiu a presidência municipal do Progressistas, sigla que é comandada no estado pelo deputado federal licenciado e atual ministro do Esporte André Fufuca.

Até o momento, o grupo político liderado pelo prefeito Carlinhos Barros já anunciou três partidos que integram seu arco de alianças. Além do Progressistas, estão na base aliada o União Brasil e o Avante (saiba mais). Segundo apurado pelo Titular do Blog, a coligação contará com seis partidos por onde serão lançados mais de 60 candidatos a vereador.
Ministro Fufuca com Germano, CB e Zé Filho.
Agora Barros Filho vai iniciar o trabalho de estruturação do PP no município com a filiação de membros e também de pré-candidatos. Importante ressaltar, ainda, o poder de articulação de Zé Filho no que diz respeito a essas movimentações políticas-partidárias. Um exemplo prático disso aconteceu com o PROS, que em 2020 era presidido por ele em Vargem Grande e foi o partido que obteve a maior votação e que elegeu maior número de vereadores: foram quase 7 mil votos e cinco vagas garantidas na Câmara Municipal. 

Nina Rodrigues: Filho da Vereadora Cita Braga morre aos 31 anos

Ricardo Braga.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Faleceu na noite desta segunda-feira (26), em São Luís, João Ricardo Braga Costa Cruz, aos 31 anos. Ele realizava tratamento no Hospital Aldenora Belo após receber o diagnóstico de leucemia (câncer no sangue) no ano passado, no entanto, não resistiu às complicações.

Ricardo Braga, como era mais conhecido por familiares e amigos, deixa esposa e dois filhos. O jovem era filho da vereadora de Nina Rodrigues Cita Braga e do ex-prefeito e ex-vice-prefeito Ivaldo Cruz, falecido em 2021 após complicações do novo coronavírus (relembre).

Segundo informações apuradas pelo Titular do Blog, o prefeito Rodrigues, no uso de suas atribuições legais, vai decretar luto oficial de três dias no município em razão do falecimento de Ricardo Braga, que era servidor público e atuava na secretaria municipal de Infraestrutura e Urbanismo. O Titular do Blog roga para que Deus possa confortar a todos neste momento de dificuldade.

Operação Poison prende quadrilha por roubo de carga de herbicidas no Maranhão e Pará

Operação Poison.
Cinco suspeitos pelo roubo de uma carga de herbicidas foram detidos no último fim de semana em uma operação conduzida pela Polícia Civil do Maranhão. Cerca de 90% da carga foi recuperada durante a execução dos mandados de prisão e de busca e apreensão. O crime ocorreu na manhã do dia 11, entre os municípios de Barra do Corda e Grajaú. Na ocasião, pelo menos seis indivíduos tomaram o caminhão que transportava a carga, avaliada em cerca de R$ 430.000,00, deixando o motorista abandonado.

Após a vítima registrar a ocorrência, a Polícia Civil do Maranhão iniciou as investigações e, no dia 13, prendeu, em flagrante, o primeiro individuo por envolvimento na ação criminosa, no município de Grajaú. No dia seguinte, na região conhecida como Ponto da Nega, os policiais encontraram e recuperaram o caminhão, mas sem a carga.

Nesse último fim de semana, com base em outros elementos coletados e com mandados expedidos pela justiça, os policiais deflagraram a Operação Poison e localizaram um indivíduo que supostamente seria o receptador da carga, responsável pela venda dos herbicidas na região de Açailândia. Ele foi detido em Buriticupu. Outro suspeito, apontado como líder do grupo criminoso, também foi preso com uma grande quantidade dos produtos roubados, tanto em sua residência quanto em um depósito clandestino sob sua posse. A prisão ocorreu no município de Marabá, no Pará. Também no Pará, desta vez na cidade de Paragominas, os policiais envolvidos na operação prenderam os outros três suspeitos do roubo do caminhão com a carga. 

O homem que seria o receptador da carga e responsável pela comercialização dos herbicidas, preso em Buriticupu, foi levado para Santa Inês, e o outro indivíduo preso em Marabá, foi apresentado em uma delegacia local. Os outros três indivíduos, presos em Paragominas, também foram apresentados em uma delegacia da região. Ambos passaram pelos procedimentos de praxe e foram encaminhados para unidades prisionais das respectivas regiões, onde permaneceram à disposição da Justiça.

A Operação Poison contou com a participação do DCRC, vinculado à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), da Superintendência Estadual de Polícia Civil do Interior, por meio de policiais das delegacias de Grajaú, de Barra do Corda, de Buriticupu, de Açailândia e de Imperatriz, do Núcleo de Apoio às Investigações (NAI-Marabá) da Polícia Civil do Pará, além de suporte da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

** O termo Poison, que denominou a operação, foi extraído da língua francesa e significa veneno, justamente os produtos subtraídos na ação criminosa.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Mais de 40 municípios maranhenses estão com alerta para chuvas intensas

Alerta laranja de chuvas.
O volume de chuva já passou da média em São Luís, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O volume na capital chegou a 340,6 mm, que já é maior que a média em fevereiro: 308 mm. As informações constam no site ClimaTempo. O Instituto divulgou, ainda, dois alertas de perigo de chuvas intensas para o Maranhão. Os avisos, que começaram nesta segunda-feira (26), se estendem até as 10h desta terça-feira (27).

Segundo o Inmet, o alerta laranja prevê, para a região norte, leste e centro do Estado, chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, além de ventos intensos (60-100 km/h). Para outros municípios do norte, leste e centro o alerta é amarelo. A previsão é de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h).


Veja os municípios do Maranhão com alerta laranja de chuvas:

Afonso Cunha 
Água Doce do Maranhão 
Aldeias Altas 
Anapurus 
Araioses 
Barão de Grajaú
Barreirinhas 
Belágua 
Brejo 
Buriti 
Buriti Bravo 
Caxias 
Chapadinha 
Codó 
Coelho Neto 
Coroatá
Duque Bacelar 
Fortuna
Gonçalves Dias 
Governador Eugênio Barros 
Humberto de Campos 
Lagoa do Mato 
Magalhães de Almeida 
Mata Roma 
Matões 
Milagres do Maranhão
Morros 
Nina Rodrigues 
Parnarama 
Passagem Franca
Paulino Neves 
Primeira Cruz 
Santana do Maranhão 
Santa Quitéria do Maranhão 
Santo Amaro do Maranhão
São Benedito do Rio Preto 
São Bernardo 
São Francisco do Maranhão 
São João do Soter 
Senador Alexandre Costa 
Sucupira do Riachão 
Timbiras 
Timon 
Tutóia 
Urbano Santos 
Vargem Grande

Do Imirante.

Vargem-grandense é preso em Goiás por crime que não cometeu: "foi cruel para minha honra"

Bruno concedeu entrevista.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

O vargem-grandense Ricardo Bruno Bastos estava em seu local de trabalho, uma farmácia em Valparaíso de Goiás, cidade localizada no Entorno do Distrito Federal, quando foi surpreendido por policiais militares com um mandado de prisão preventiva decretado pelo poder judiciário contra ele sob acusação de tentativa de latrocínio. No entanto, Bruno Bastos é vítima e foi preso injustamente. 

Segundo informações, um amigo de infância, identificado como José dos Reis Santos Oliveira (já falecido), utilizou o nome de Bruno e cometeu os crimes em Marabá, no Pará, estado que Bruno nunca esteve. Após dois dias preso, ele conseguiu provar sua inocência com ajuda de suas digitais e o TJ-PA revogou a prisão.

A TV Record Brasília entrevistou Bruno, confira:


Vargem Grande: Vereador Germano Barros garante partido Avante na base aliada do Grupo CB

Adailson e Germano com Guilherme Paz.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

O presidente da Câmara Municipal de Vargem Grande, vereador Germano Barros, esteve nesta segunda-feira (26) em São Luís e, acompanhado do também vereador Adailson Saminez, participaram de uma reunião com o deputado Guilherme Paz, realizada em seu gabinete na Assembleia Legislativa.

Entre as pautas, além da busca de benefícios para Vargem Grande, estava as movimentações visando a disputa eleitoral deste ano na cidade e o grupo político liderado pelo prefeito Carlinhos Barros garantiu o partido Avante em sua base aliada, fruto dessa articulação de Germano e Adailson, que apoiou Guilherme Paz em 2022.


O Avante é presidido no estado pelo ex-deputado Clodomir Paz, pai de Guilherme, e é um dos seis partidos que integram o arco de alianças do Grupo do CB para às eleições de 2024, onde, ao que tudo indica, serão lançados mais de 60 candidatos ao legislativo vargem-grandense.

"Como vocês podem ver, o Grupo CB segue se fortalecendo dia após dia. São várias adesões de grupos políticos, entidades de classes, associações, grupos de jovens, famílias tradicionais e também novos partidos. E as alianças continuam. Estamos trabalhando incansavelmente em busca de mais uma grande vitória do Grupo CB", disse Germano Barros.

Prefeito Carlinhos Barros prestigia formatura de alunos do IEMA Pleno de Vargem Grande

Formatura do IEMA.
O Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - IEMA, unidade plena de Vargem Grande, realizou a formatura de 107 alunos nos cursos técnicos de Administração, Agricultura, Logística e Agronegócio. A solenidade aconteceu no ginásio poliesportivo Gastão Dias Vieira e contou com a presença do prefeito Carlinhos Barros, do diretor-geral do IEMA José Wellington, do secretário municipal da Educação Nonato Costa, de vereadores, de autoridades locais e dos formandos, além dos seus familiares e demais convidados.
Prefeito Carlinhos Barros.
Em sua fala, o prefeito Carlinhos Barros destacou a importância da chegada do IEMA em Vargem Grande, conquista esta garantida na sua gestão com a parceria do governo do estado, ainda sob a liderança do governador Flávio Dino. "Eu estou tão feliz quanto eles e os pais deles. São mais de 100 formandos hoje, mão de obra qualificada para o Maranhão e para o Brasil. Isso é muito gratificante e é para poucos", disse.
Autoridades presentes.
"Esses são os primeiros estudantes a colarem grau no IEMA Pleno de Vargem Grande e começaram os estudos em um dos períodos mais difíceis na história da humanidade, que era a pandemia, mas superaram todas as dificuldades, persistiram e hoje concretizaram uma parte do projeto de vida deles", enalteceu o diretor-geral José Wellington.

Confira mais detalhes na produção da SECOM:

PM que matou jovem que realizava 'grau' é afastada das funções; ela é influencer e possui milhares de seguidores

PM Sabrina Silva.
A policial militar Sabrina Silva, lotada no 3º Batalhão da Polícia Militar, foi afastada das funções na corporação nesta segunda-feira (26). Ela é apontada como a responsável pelo disparo que vitimou Marcos Vinicius, 20 anos, em Governador Edison Lobão, na tarde do domingo (25). Em entrevista exclusiva à TV Difusora, o Coronel PM Magalhães, comandante responsável pelo policiamento do interior, contou a versão dada pelos policiais que participaram da ação que terminou com a morte de Marcos Vinicius (relembre).

Segundo o coronel, a viatura estava fazendo ronda na região, quando se deparou com um grupo de motociclistas em atividade suspeita. Durante a tentativa de abordagem, o grupo se dispersou e, logo em seguida, a guarnição efetuou um acompanhamento tático. “Um dos motociclistas, em um segundo momento, encontrou novamente a guarnição e empreendeu fuga. Em determinado momento, numa rua, o motociclista fez a volta e veio de encontro à guarnição. A guarnição manobrou a viatura para continuar o acompanhamento, porém, nesse momento, o indivíduo adentrou uma viela, e a policial desembarcou da viatura e iniciou o acompanhamento a pé”, relatou.


O coronel explicou ainda que foi aberto um inquérito policial paralelo às investigações da Polícia Civil para devida apuração dos fatos. Ele pontuou que qualquer julgamento antes do fim do inquérito militar é leviano. “A perícia esteve no local, fez todo o levantamento pericial para que a gente realmente tenha uma visão clara e precisa de tudo que aconteceu naquele local”, afirmou.

INFLUENCER

Sabrina Silva é natural de Imperatriz e tem mais de mais de 100 mil seguidores nas redes sociais – 87 mil no Instagram e 18 mil no TikTok, onde compartilha vídeos de humor, dia a dia da profissão e diversas publicidades. Em um dos vídeos mais famosos, a policial militar conta um pouco sobre a trajetória de vida dela. “A menina que vigiava carro na praia, que vendia geladinho para ajudar a mãe, que foi babá durante anos, hoje se tornou uma grande mulher, porque Deus não abandona os seus”, diz a legenda do vídeo.

Do Portal Difusora ON.

Empresas com contratos na Prefeitura de Coroatá pagam despesas privadas da Família Amovelar

Luís Amovelar Filho e o irmão Mateus Amovelar.
Empresas com contratos firmados junto à Prefeitura de Coroatá aparecem pagando as despesas da loja de móveis que pertence ao prefeito Luís Amovelar Filho, localizada na cidade vizinha de Timbiras. Documentos mostram que, pelo menos, duas fornecedoras que receberam dinheiro público do poder executivo compraram produtos para abastecer o estoque da loja Amovelar.

Uma delas é a Central Locações e Serviços. Ela fez pagamentos entre janeiro e abril de 2022 via boletos e transferências bancárias totalizando R$ 92.930,24. De acordo com os extratos bancários, a Central pagou R$ 6.010,52 para Mascarello e P. Escritório; R$ 6.628,51 para Athor Bicicletas Ltda; R$ 12.522,98 para Indústria M. Pelaio Ltda; R$ 10.532,26 para W.J. Tubos 1 Móveis Ltda; R$ 32.440,00 para Saleto Móveis Ltda; e R$ 24.196,00 para Rodomoveis Ltda. Todas são fornecedoras da loja de móveis do prefeito.

Nos documentos, foi possível identificar que a empresa efetuou quatro pagamentos de boletos “títulos” no mesmo dia e todos estavam em nome de L M Ferreira Filho, mais conhecida como Loja Amovelar, de Luís Filho. Levantamento feito no Portal da Transparência mostra que a locadora de veículos é de propriedade de Manoel Lacerda Coutinho e atua na cidade desde 2019.

Confira:

Outra contratada pela prefeitura que também bancou as despesas da loja do prefeito foi a Zurique Locações Ltda. Um extrato bancário mostra que a locadora pagou um boleto do tipo “título” em nome da L.M. Ferreira Filho no dia 23 de novembro de 2021 para o fornecedor Armazéns Martins no valor de R$ 10.132,20. A empresa também transferiu R$ 1,7 mil para Socimol Indústria Móveis S/A, que é também uma fornecedora da loja Amovelar. A Zurique vem operando no transporte escolar de Coroatá desde 2017, primeiro ano de mandato de Luis Amovelar Filho.

Confira:

PIRAPEMAS

Luís Filho não utiliza a estrutura da máquina para pagar apenas suas despesas, mas também para custear o irmão, Matheus Soares Mendes, que usa o nome Mateus da Amovelar em sua pré-candidatura a prefeito de Pirapemas. O escritório Benevenuto Marques Serejo Neto Sociedade Individual de Advocacia Ltda aparece em extratos bancários pagando quase R$ 10 mil em despesas para Matheus.

De acordo com os comprovantes, o advogado pagou uma parcela do consócio de uma moto, no valor de R$ 3.399,02 e uma taxa de um condomínio – Edifício Tamilla – no valor de R$ 5.313,78, ambas contas pessoais de Mateus Amovelar. O escritório de advocacia já faturou R$ 299.880,00 na gestão de Luís da Amovelar Filho junto à Prefeitura de Coroatá, sendo R$ 124.950,00 em 2021, R$ 99.960,00 em 2022 e R$ 74.970,00 em 2023.

Confira:

Jovem que realizava 'grau' morre baleado por policial militar no interior do Maranhão e moradores ficam revoltados

Jovem morreu baleado por PM.
Marcos Vinicius, de 20 anos, foi morto por uma policial militar, que atirou no jovem durante uma abordagem em uma ocorrência de perturbação do sossego. O caso ocorreu na tarde deste domingo (25), no município Governador Edison Lobão, no Maranhão. Pessoas que estavam no local disseram que a agente de segurança teria invadido a casa da vítima.

A morte do jovem revoltou a população. Horas após a ocorrência, amigos e familiares foram protestar em frente ao batalhão da PM. “Um cara que tinha uma vida inteira pela frente morreu por incompetência e despreparo de outra pessoa que é uma agente pública de segurança”, afirmou Jonas Neves, morador da região.

O rapaz havia desobedecido uma ordem de parada dos agentes que passavam pelo local. Durante a perseguição, Marcos teria sido atingindo por um disparo de arma de fogo. Mesmo baleado, o rapaz conseguiu chegar em casa. No entanto, a policial identificada como Sabrina Silva teria invadido o local e atirado nele, atingindo-o no pescoço. O jovem morreu nos braços da própria mãe que ainda teria implorado para que filho não fosse morto.


Ainda segundo testemunhas, a polícia chegou a alegar que o jovem estaria armado e teria apontado uma arma para a guarnição. O Coronel Magalhães, comandante do policiamento do interior,  informou que as medidas cabíveis estão sendo tomadas e o caso segue sendo apurado. Nossa reportagem solicitou nota a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão para saber que outras medidas estão sendo tomadas para apuração do caso, mas ainda não obteve retorno.

Reações ao caso

O prefeito de Governador Edison lobão, Geraldo Braga, se manifestou nas redes sociais. Ele emitiu uma nota de repúdio a ação da Polícia Militar, onde condenou a violência excessiva por parte das forças de segurança e se solidarizou com a família do jovem Marcus Vinicius.

Ao tomar conhecimento do ocorrido, o Ministério Público do Maranhão (MP-MA) solicitou informações sobre as providências adotadas pela Polícia Civil para apuração dos fatos noticiados e suas circunstâncias, especialmente o depoimento dos policiais envolvidos, familiares da vítima e testemunhas oculares. O pedido do MP determina que as informações, junto com o boletim de ocorrência e documentos relacionados ao caso (depoimento, laudos e requisição) sejam enviadas ao órgão em até 24h.

Do Portal Difusora ON.