OBRAS E MAIS ASFALTO

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Vargem Grande: Deputado Fábio Braga cobra responsabilidades da Caixa Econômica e da Caema

Deputado Fábio Braga.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Na última semana, o deputado Fábio Braga – SD, voltou à tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar atitudes da Caixa Econômica Federal que financiou a construção de um conjunto residencial com mais de 1.000 unidades ainda não entregues aos beneficiários, mesmo estando prontas há mais de um ano e a despeito do grande déficit habitacional existente no Maranhão, que é o maior do Nordeste, e em Vargem Grande, que é um dos maiores do estado.

No discurso, Fábio Braga disse “estive recentemente na minha terra e diante da ansiedade e dos questionamentos da população, o que mais inquietou foi o problema das 1.050 casas feitas pelo Programa Minha Casa Minha Vida que já estão prontas e ainda não foram entregues aos beneficiários” – lastimou.

“Vou entrar com um requerimento junto a Caixa Econômica e à construtora responsável pela obra cobrando responsabilidade de ambas em relação à entrega desses imóveis populares" – disse.

O parlamentar criticou também a falta de compromisso social da CAEMA para com a população de Vargem Grande “pois ela não vem prestando um serviço à altura do que o povo merece e exige" – arguiu.

Para ele, “o que temos hoje é um sistema de captação montado no rio lá de Nina Rodrigues, onde também é feito o tratamento d’água e conduzido por uma tubulação de mais ou menos 9 quilômetros até a cidade de Vargem Grande. O que a população com justa razão exige saber" – prosseguiu o parlamentar é “de que forma essa água chega a nossa cidade? o tratamento está sendo feito corretamente? tem vazamento no sistema durante transporte até Vargem Grande? por que os reservatórios da cidade não estão atendendo as necessidades do povo, já  que falta água permanentemente nas torneiras das casas e dos comércios, embora a CAEMA nunca deixe de mandar as faturas de cobrança? Isso é intolerável" – emendou.

O parlamentar também chamou a atenção para um problema que ele considera da maior gravidade, porque ameaça diretamente a saúde das pessoas: “a falta d’água fornecida pela CAEMA, incentiva cada vez mais o mercado paralelo de água, captada em poços artesianos da região e comercializada em tonéis em cima de carros e caminhões, sem que a população conheça a origem do produto, porque não existe inspeção ou fiscalização dos órgãos competentes, sejam eles municipais ou estaduais, em cima de um serviço dessa magnitude" – revoltou-se o deputado.

Ao afirmar que vai cobrar da CAEMA, o deputado disse ter conhecimento que esse sistema deve ser licitado em breve, e que o governador garantiu numa reunião com prefeito e vereadores de Nina Rodrigues, “ele ligou e cobrou, na frente de todos, a  urgência da licitação ao presidente da CAEMA”.  E mais ainda, desde ano passado que se tem essa informação do plano de recuperação desse sistema de distribuição de água, até prazo foram estipulados e não foram cumpridos. 

O Presidente da CAEMA, Davi Teles, tem nesses últimos meses tentado solucionar a parte burocrática e fazer de forma rápida e eficaz a recuperação do sistemas de abastecimento de água dos municípios de Vargem Grande e de Nina Rodrigues. Quanto a distribuição de água sem fiscalização, as  outras autoridades competentes, devem manter uma fiscalização rigorosa e permanente sobre esses serviços de captação e comercialização de água para o consumo humano, evitando enfermidades futuras na população consumidora - finalizou.

Veja o pronunciamento do Deputado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário