ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM

sexta-feira, 28 de julho de 2017

“O que aconteceu foi um adultério”, afirma mãe de Lucas Porto


A mãe do empresário Lucas Porto, Heliene Porto, concedeu entrevista exclusiva à jornalista Jacieny Dias e fez algumas revelações que contrariam algumas afirmações feitas pela própria Polícia Civil do Maranhão e pela família da vítima, Mariana Costa, assassinada covardemente no final do mês de novembro de 2016.

Em pelo menos dois pontos da entrevista existem graves divergências. O primeiro deles é que a senhora Heliene Porto afirma que o que aconteceu no dia do crime foi um adultério. “Ele contou detalhes, que para gente foi até surpresa, o que aconteceu naquela tarde foi um adultério entre eles, uma coisa consensual, mas a família não quer aceitar”, diz a mãe de Lucas Porto.

A afirmação de Heliene Porto vai de encontro ao depoimento do próprio Lucas Porto, que, segundo o secretário de Segurança Jefferson Portela, teria não só confessado o crime, como o estupro e negado qualquer relacionamento amoroso anterior com a vítima.

A mãe de Lucas Porto também afirmou que desde 2011 foi notado uma mudança de comportamento dele e que isso teria sido informado pela própria esposa de Lucas, Carolina Costa, irmã da vítima. Heliene afirma que todos juntos chegaram a ir num consultório psiquiátrico e que ele começou a fazer uso de uma medicação.

Heliene Porto termina a entrevista declinando o seu desejo e expectiva: “Eu só quero provar a verdade e tirar meu filho de lá, quero ele de volta aqui em casa, ele está fazendo muito falta”, finalizou.

Pena que os filhos, pais, familiares e amigos de Mariana Costa não possam mais ter essa expectativa e muito menos esse desejo.

Do Blog do Jorge Aragão.

2 comentários:


  1. Todos os visinhos ja comentavam este love
    Vamos atras da verdade
    A verdade sempre aparece

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se tinha love ou nao, nao justifica tirar a vida da moça, tem que mofar na cadeia mesmo pra aprender a ser homem, foi homem pra adulterar e nao para assumir.

      Excluir