terça-feira, 20 de abril de 2021

Urgente! Homem recebe vários disparos de arma de fogo no Bairro São Miguel em Vargem Grande

Hospital Municipal Benito Mussoline.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Na noite desta terça-feira (20), por volta das 20h, um homem deu entrada no hospital municipal Benito Mussoline, em Vargem Grande, após sofrer uma tentativa de homicídio na Rua São Miguel, localizada no Bairro São Miguel. Ele foi identificado como Carlos Cardoso de Sousa, de 29 anos.

De acordo com informações preliminares, a vítima estava em sua residência quando dois indivíduos chegaram e efetuaram vários disparos, sendo que pelo menos seis tiros o atingiram. A polícia militar acredita que tenha sido acerto de contas. Durante o crime, uma criança de 7 anos também foi atingida de raspão, mas está fora de perigo.

Aguardem mais informações.

Hospitais particulares de São Luís desativam alas exclusivas para Covid-19

Imagem ilustrativa.
Os hospitais particulares de São Luís reforçaram a ação de desativação das alas exclusivas para tratamento da covid-19. Todos os hospitais da rede privada informaram que possuem leitos para tratamento do novo coronavírus.

Das unidades que mais reduziram leitos de internação, o São Domingos foi o que mais desativou, sendo 31 alas clínicas e 18 de UTI, totalizando 49. O hospital possui 5 leitos clínicos e uma UTI’s disponíveis. No Hospital Guarás, antes eram 21 leitos em uso e hoje em dia são 11. O estabelecimento de saúde tem 2 leitos clínicos e 1 UTI’s vagos atualmente. 

O Centro Médico reduziu de 14 para 8 leitos de UTI’s utilizados para Covid-19 enquanto que o UDI também teve redução no leito do setor clínico, passando de 35 para 34. O Centro Médico tem 11 leitos clínicos e 3 UTI’s disponíveis enquanto a UDI tem 14 leitos clínicos desocupados.

Na rede estadual, a ocupação das Unidades de Terapia Intensiva da capital maranhense é de 91% e leitos clínicos 82%. Em Imperatriz, segunda maior cidade do Estado, a ocupação das UTI’s está em 66% e 51% de clínicos. Nas demais regiões 42% dos leitos clínicos ocupados e 67% de UTI’s preenchidas.

Do Blog do Linhares Júnior.

Othelino destaca aprovação de auxílio emergencial para agências de viagens do Maranhão

Othelino Neto ressaltou a importância das matérias aprovadas.
O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), destacou, na sessão plenária remota desta terça-feira (20), a aprovação pelo Parlamento dos mais de 50 itens constantes na Ordem do Dia, entre eles, a Medida Provisória 347/2021, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a concessão de auxílio emergencial às agências de viagens do Maranhão, em compensação aos reflexos causados pela pandemia da Covid-19. 

O parlamentar destacou, também, a aprovação da MP 346/2021, de autoria do Governo do Estado, que altera a Lei nº 10.505/2016, que institui o programa “Mutirão Rua Digna”, destinado à execução de pavimentação em vias públicas; e a aprovação de novos projetos de decretos legislativos, que reconhecem o estado de calamidade pública em mais 15 municípios maranhenses.

O chefe do Legislativo disse que a aprovação da MP 347/2021, que segue para promulgação, soma-se às outras propostas de auxílios emergenciais voltadas aos profissionais liberais que trabalham na área do turismo, visando minimizar os impactos da pandemia nos mais diversos setores. 

“As agências de viagem têm sido muito prejudicadas neste período da pandemia da Covid-19. Nós já tínhamos aprovado outros dois auxílios destinados a profissionais do setor, como os guias turísticos, por exemplo, e, também, para as empresas que transportam turistas. Agora, aprovamos esse que concede um auxílio emergencial no valor de R$ 1 mil, a ser pago em cota única, às agências de viagens”, ressaltou Othelino Neto.

O parlamentar falou, ainda, sobre a alteração da lei que criou o programa “Mutirão Rua Digna”, antes executado exclusivamente pelas comunidades e que, agora, poderá ser desenvolvido também em parceria com os municípios. “É uma forma de auxiliar na melhoria da infraestrutura urbana das cidades”, afirmou o presidente da Assembleia.

Calamidade pública

Na sessão desta terça-feira, os municípios de Riachão, Bela Vista do Maranhão, Magalhães de Almeida, Nina Rodrigues, Amapá do Maranhão, Luís Domingues, Porto Rico do Maranhão, Graça Aranha, Formosa da Serra Negra, Tuntum, Barreirinhas, Conceição do Lago Açu, Vitorino Freire, Barra do Corda e Santa Inês também tiveram aprovados os pedidos de reconhecimento do estado de calamidade pública em razão da Covid-19.

Segundo Othelino, a aprovação dos decretos vai permitir que os gestores municipais tenham condições de contratar serviços e adquirir insumos, de forma que possam controlar melhor a situação da pandemia, minimizando o sofrimento da população.

Covid-19: PF indicia técnica de enfermagem que desviou vacinas de indígenas para familiares no Maranhão

Imagem ilustrativa.
A Polícia Federal instaurou Inquérito Policial, no dia 17 de março de 2021, para apurar a conduta de uma técnica de enfermagem da Saúde Indígena do Polo Base de Barra do Corda que desviou doses da vacina CORONAVAC destinada à imunização da população indígena e aplicou em três familiares.

Equipe da Polícia Federal se deslocou aos Municípios de Barra do Corda e de Jenipapo dos Vieiras para a colheita dos depoimentos dos envolvidos. Na oportunidade, a técnica de enfermagem confessou a prática delitiva e os parentes vacinados também confirmaram o recebimento das doses da vacinação.

Com o desenrolar das investigações foi possível verificar que um enfermeiro ao qual estava subordinada a técnica de enfermagem acompanhou a vacinação indevida de dois parentes desta, tendo, inclusive, feito os registros da vacinação irregular de um deles.

Com isso, a Polícia Federal indiciou a técnica de enfermagem no crime de peculato (art. 312 do CP) e o enfermeiro no crime de peculato a título de omissão imprópria (art. 312 c/c art. 13, §2º, “b” do CP), pois figurava na posição de garantidor, possuindo o poder e dever de agir para impedir a vacinação irregular, entretanto manteve-se inerte.

MPMA recomenda anulação de contrato da Câmara Municipal de Açailândia com escritório de advocacia

Ministério Público.
O Ministério Público do Maranhão emitiu, nesta segunda-feira, 19, Recomendação ao presidente da Câmara de Vereadores de Açailândia, Feliberg Melo Sousa, para que seja anulada a contratação da empresa Amadeus Pereira da Silva Sociedade Individual de Advocacia, que foi realizada por meio de inexigibilidade de licitação.

Foi fixado prazo máximo de 10 dias úteis para que o Legislativo Municipal encaminhe à 2ª Promotoria de Justiça Especializada de Açailândia documento comprobatório do cumprimento da Recomendação, sob pena do ajuizamento das medidas judiciais cabíveis, inclusive na seara criminal, para responsabilização solidária do gestor e dos demais envolvidos nos ilícitos.

Também foi recomendado que sejam tomadas todas as providências legais para a imediata devolução ao erário municipal de quaisquer valores já pagos ao escritório advocatício em decorrência da contratação questionada, com os valores devidamente corrigidos pelo INPC ou índice similar.

De acordo com a titular da 2ª Promotoria, Glauce Lima Malheiros, no último dia 29 de março chegou ao conhecimento do Ministério Público que a Câmara Municipal de Açailândia realizou a contratação da empresa, mediante processo de inexigibilidade de licitação (nº 001/2021), aparentemente para a prestação de serviços advocatícios. “Isso não se justifica, a princípio, diante da existência da Procuradoria da Câmara Municipal e de seus respectivos assessores jurídicos, cuja função é, justamente, a prestação de serviços advocatícios de interesse do Legislativo”, argumenta a representante.

Para amparar sua manifestação a promotora de justiça citou diversas decisões do STF, STJ e do TCU, que reconheceram que a contratação direta de advogado pela Administração Pública é condicionada ao preenchimento dos requisitos da inexigibilidade de licitação, previstos na Lei 8.666/93, entre os quais a existência de procedimento administrativo formal; notória especialização profissional; natureza singular do serviço; demonstração da inadequação da prestação do serviço pelos integrantes do Poder Público.

Glauce Malheiros acrescentou, ainda, que a Lei das Licitações exige que a escolha recaia sobre profissional dotado de especialização notória, “não bastando, portanto, que goze da confiança pessoal do gestor público, sendo necessário que a sua qualificação diferenciada seja aferida por elementos objetivos, reconhecidos pelo mercado, como formação acadêmica e experiência profissional.”.

GASTOS A MAIS

Ao questionar a contratação do escritório de advocacia, a 2ª Promotoria de Justiça de Açailândia observou que a Câmara Municipal já tem um gasto mensal de R$ 25.400,00, com a remuneração do procurador-geral (R$ 10.700,00), de um assessor jurídico (R$ 9.500,00) e de um assistente jurídico (R$ 5.200,00), totalizando gastos anuais de R$ 304.800,00.

Pelo extrato do contrato com a empresa, única publicação encontrada sobre essa contratação, a Câmara Municipal de Açailândia teria mais um gasto anual de R$ 180.000,00, com serviços advocatícios.

“O fato de a entidade pública contar com quadro próprio de procuradores não obsta legalmente a contratação de advogado particular para a prestação de serviço específico, sendo necessário, contudo, que fique configurada a impossibilidade ou relevante inconveniência de que a atribuição seja exercida pela advocacia pública, dada a especificidade e relevância da matéria ou a deficiência da estrutura estatal”, observa a promotora de justiça Glauce Malheiros.

Segundo a representante do Ministério Público, a Câmara Municipal não apresentou qualquer justificativa para a contratação da empresa, o que, somado à existência de pelo menos três profissionais com cargos jurídicos no Legislativo, reforça a necessidade da anulação do contrato.

Redação: CCOM-MPMA.

Maranhense de Balsas é assassinada pelo ex-companheiro nos Estados Unidos

Débora foi assassinada a facadas.
Uma maranhense identificada como Débora Evangelista Brandão foi morta a facadas pelo ex-companheiro, no último domingo (18), na cidade de Phoenixville, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Débora, de 34 anos, morava nos Estados Unidos há cerca de cinco anos com os dois filhos. O autor do crime, Danilo Sousa Cavalcante, foi preso pela polícia americana no estado da Virgínia uma hora e meia após o assassinato.

Segundo Sara Brandão, irmã de Débora, o ex-namorado não aceitava o fim do relacionamento. “Diversas vezes, ela terminou com ele e ele tentando voltar, não sei porque ele esfaqueou ela, foi muito brutal’, disse.

Em Balsas, a família de Débora está pedindo ajuda para trazer o corpo para o Brasil. “A gente está fazendo um grupo de amigos, pedindo ajuda, para fazer o translado e tentar trazer o corpo para ser enterrado na terra natal dela”, disse Washington Brandão, irmão da vítima.

Do G1 MA.

segunda-feira, 19 de abril de 2021

Vargem Grande: Professor Chaguinha Mesquita morre vítima da Covid-19

Chaguinha Mesquita.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Faleceu na tarde desta segunda-feira (19) o professor aposentado Francisco das Chagas Ferreira de Mesquita, aos 68 anos, em decorrência das complicações do novo coronavírus. Chaguinha Mesquita, como era mais conhecido por todos em Vargem Grande, estava internado no Hospital das Clínicas Integradas (HCI), em São Luís.

Chaguinha Mesquita era professor da rede municipal de ensino de Vargem Grande, onde lecionou a disciplina de matemática, e já estava aposentado há alguns anos. Também foi presidente do Instituto Municipal de Aposentadorias e Pensões (IMAP) na gestão do então prefeito Edvaldo Nascimento (2013-2016). Ele já havia enfrentado e vencido um câncer, mas, infelizmente, não resistiu à agressividade da Covid-19.

OUTRO ÓBITO

Outra vítima da doença foi a servidora pública Antônia Alves da Conceição. Ela desempenhava a função de AOSD na Escola Padre Carvalho e foi a óbito pela manhã.

O Titular do Blog expressa os seus mais sinceros sentimentos de pesar as famílias enlutadas e rogamos para que Deus possa confortar os corações de todos neste momento de dor e de dificuldade. Amém!

A secretaria municipal de Educação emitiu notas de pesar:

Policiais apreendem cédula falsificada de R$ 420 no interior do Maranhão

Cédula apreendida.
No último sábado (17), as polícias Civil e Militar de Bacabal realizaram uma operação que resultou com a prisão de uma pessoa, duas motocicletas apreendidas, além da apreensão de uma ‘cédula’ falsa de R$ 420, em alusão ao uso de maconha.

Segundo a polícia, durante a operação foi dado cumprimento a um mandado de prisão contra um homem, porém o motivo da detenção não foi informado. A prisão aconteceu na cidade de Bom Lugar, a 288 km de São Luís, após um trabalho investigativo e de monitoramento.

Além da prisão, as polícias apreenderam duas motocicletas, que haviam sido roubadas. Uma delas foi tomada de assalto na noite de sexta-feira (16), por um casal portando uma arma branca. O veículo foi recuperado no fim da noite de sábado, quando a PM fez a condução de uma suspeita, que estava em posse da motocicleta roubada.

Na Delegacia Regional, a mulher que estava em posse da moto não foi reconhecida pela vítima como sendo autora do crime, por isso, a suspeita acabou sendo liberada. Já o veículo, foi evolvido ao proprietário.

Ainda no fim da noite do sábado, a PM e a Civil realizaram abordagens de forma preventiva nos bairros Trizidela, Areia, Vila Pedro Brito, Terra do Sol, Novo Bacabal e Centro de Bacabal, a cerca de 250 km de São Luís. As ações também foram feitas na cidade de Bom Lugar.

Durante a operação, as polícias apreenderam em um bar, em Bacabal, um canivete e uma cédula falsa de R$ 420. A cédula verde, tinha uma imagem do bicho-preguiça e de folhas de maconha, em alusão ao uso do entorpecente. O número 420, impresso na cédula, também é uma alusão à maconha.

Do G1 MA.

Deputado Marreca Filho diz que gasto de 1 mil litros de combustível foi em um mês

Deputado Marreca Filho.
O deputado federal Marreca Filho (Patriota), citado em reportagem do Fantástico sobre farra com gastos da cota para exercício parlamentar, negou, em nota, que tenha cometido irregularidade.

Segundo a TV Globo, ele apresentou nota de consumo de 1.180 litros em um único dia: 21 de dezembro de 2019 (saiba mais). O deputado maranhense, contudo, diz que o valor refere-se ao consumo consolidado do período de um mês.

“A norma que regula o uso da verba permite que os gastos feitos com combustível durante um mês sejam consolidados em uma única nota, que foi o que ocorreu no caso citado”, diz o comunicado oficial. É como se ele houvesse consumido, em um veículo com hipotéticos 80 litros de combustível, um tanque a cada três dias.

Veja a nota na íntegra:

NOTA SOBRE A MATÉRIA DO FANTÁSTICO A RESPEITO DA “OPERAÇÃO TANQUE FURADO”

A matéria veiculada pelo programa Fantástico, na noite do dia 18/04 de 2021, que aborda prestações de contas sobre abastecimentos ressarcidos pela cota parlamentar da Câmara dos Deputados, dá a entender que o deputado Marreca Filho errou na prestação de contas.

No entanto, essa afirmação feita nas entrelinhas é equivocada. Não há erro algum. A nota fiscal é compatível com o uso que a Câmara dos Deputados admite para a cota parlamentar. A norma que regula o uso da verba permite que os gastos feitos com combustível durante um mês sejam consolidados em uma única nota, que foi o que ocorreu no caso citado.

A nota fiscal se refere ao consumo inteiro de combustível no período de aproximadamente um mês compreendendo todo o trabalho de assessoria política do deputado e de seu gabinete, o que também é permitido legalmente. É preciso ressaltar que o Estado do Maranhão um dos maiores do Nordeste e que um bom trabalho parlamentar depende de contato direto com a população.

Por fim, deve-se ressaltar que o deputado está entre os primeiros no ranking de políticos do Maranhão, segundo o Ranking Políticos, tem mandato transparente e que todas as despesas ocorrem e são declaradas na forma da lei.

Assessoria de Imprensa
Deputado Marreca Filho

Veja a reportagem do Fantástico:


Do Blog do Gilberto Léda.

Prefeito Carlinhos Barros flexibiliza decreto e autoriza reabertura de bares e restaurantes em Vargem Grande

Prefeito Carlinhos Barros. 
Por Blog do Alpanir Mesquita. 

Ainda nesta segunda-feira (19) o prefeito de Vargem Grande Carlinhos Barros assinará um novo decreto sobre as medidas de enfrentamento ao novo coronavírus no município. 

Entre as principais medidas, está a flexibilização das restrições e a autorização da reabertura de bares, de restaurantes, de lanchonetes e de similares com 50% da ocupação e cumprindo as regras sanitárias (álcool em gel, distanciamento, etc). Festas e demais eventos continuam suspensos. 

Aguardem mais informações. 

PM prende suspeito de assalto e apreende arma de fogo em Vargem Grande

Arma de fogo apreendida.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Na noite deste domingo (18), por volta das 21h, policiais militares de serviço em Vargem Grande foram informados de que dois indivíduos cometeram um assalto na Rua Durval Bezerra e que haviam empreendido fuga com sentido ao bairro Rosalina.

De imediato os policiais seguiram para o local e, ao avistarem os suspeitos trafegando em uma motocicleta, deram voz de parada. No entanto, a dupla continuou a fuga por cerca de 5km, vindo o garupa a se desfazer da arma de fogo do tipo garrucha usada no crime e, posteriormente, pular do veículo e fugir.

O condutor da motocicleta adentrou em uma residência na tentativa de se esconder, mas não obteve êxito. Ele, identificado como W.V.S., de 18 anos, ainda apresentou resistência no momento da prisão, sendo necessário que os policiais utilizassem o uso moderado da força.

O conduzido foi levado ao hospital municipal Benito Mussoline para que fossem feitos curativos e em seguida apresentado na delegacia regional de Itapecuru-Mirim, juntamente com a arma de fogo e a moto Honda Fan, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Policial civil é preso por tentativa de homicídio contra PM no Maranhão

Policial civil preso por participar da tentativa de homicídio.
Um policial civil de 40 anos foi preso neste domingo (18) por participação em uma tentativa de homicídio contra um policial militar em Imperatriz, na região sudoeste do Maranhão. O nome do policial não foi divulgado.

O caso foi gravado pela câmera de segurança de um posto de gasolina, na madrugada deste domingo (18). As imagens mostram um veículo branco se aproximando e disparos são efetuados contra o Cabo da PM Adriano Leite, que estava de folga e alimentando cachorros de rua. O militar é atingido, mas consegue revidar.

Segundo a polícia civil, o policial militar não corre risco de vida. Já o policial civil envolvido no caso foi encontrado por volta das 13h no bairro Vila Parati e levado para a Delegacia Regional de Imperatriz para prestar depoimento. Com o policial civil, a polícia apreendeu uma pistola calibre.40, três carregadores com 37 munições e um colete à prova de balas.

Do G1 MA.

domingo, 18 de abril de 2021

Fantástico mostra que deputado Marreca Filho abasteceu mais de 1 mil litros de combustível em apenas um dia

Marreca Filho.
O deputado federal do Maranhão Marreca Filho, do Patriotas, apareceu como protagonista no Fantástico da Rede Globo deste domingo (18), na reportagem sobre uso de verba indenizatória para a compra de combustíveis.

De uma lapada só, o parlamentar de Itapecuru-Mirim, aliado de Jair Bolsonaro, teria abastecido 1.180 litros de combustíveis em 21 de dezembro de 2019.

Ao Fantástico, Marrequinha diz que perdeu ou rasgou as notas fiscais que comprovariam a compra de tanto combustível de uma vez. Marrequinha é o líder da bancada maranhense no Congresso Nacional.

Do Blog Marrapá.


PRF apreende carregamento de cachaça artesanal na BR-316

Cachaça apreendida.
Em 17 de abril do ano de 2021, por volta das 10h40, uma equipe PRF fazia rondas no desvio localizado por trás da Unidade Operacional de Caxias, quando deparou-se com um Ford/F4000 G, cor vermelha e placas do Maranhão, carregado. A equipe abordou o veículo conduzido por um rapaz de 23 anos, com endereço em Pedreiras, acompanhado de um passageiro.

Ao ser indagado, o condutor informou que estava desviando do Posto da PRF porque seu caminhão estava com pneus em mal estado de conservação, fato esse não verificado pela equipe no local, aumentando o nível de suspeição. 

A equipe, juntamente com o caminhão, deslocou-se para a UOP, para conferir a carga. Na conferência da carga, foi encontrado, juntamente com a carga de bananas, 106 (cento e seis) garrafas Pet de 2 litros cada, todas cheias de cachaça artesanal totalizando 212 Litros (duzentos e doze litros). O condutor informou que há sete anos trabalha com venda de bananas e há quatro anos faz esse transporte de cachaça de Santo Antônio dos Lopes para Caxias juntamente com a banana, uma vez por semana. Informou que compra a cachaça nos Alambiques da região pelo valor de R$ 6,00 (seis reais) o litro e revende por R$ 10,00 (dez reais).

A equipe qualificou os conduzidos e fez a apreensão da carga, que ficou à disposição do órgão pertinente (MAPA). Enquadramento: crime contra as relações de consumo.

Fonte: PRF.

Paciente recebe alta e supera graves complicações da Covid-19 após 65 dias internada

Ada foi homenageada pela equipe multidisciplinar do hospital.
A traqueostomia é o método mais invasivo que um paciente com Covid-19 pode ser submetido para conseguir continuar respirando. Dos 65 dias que ficou internada no Hospital Dr. Genésio Rego, em São Luís, Ada Trícia Ferreira, de 46 anos, esteve 19 dias entubada e mais 30 traqueostomizada. Na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) foram 49 dias entre a vida e a morte.

Nesta sexta-feira (16), entretanto, ela venceu a doença e recebeu alta. “Nós sempre ficamos felizes quando um paciente recebe alta. Mas no caso da Ada estamos emocionados, por causa da luta que ela enfrentou, pelo empenho de toda a nossa equipe. É só gratidão que nós temos”, disse Anselma Viégas, coordenadora do Serviço Social, durante festa de despedida realizada para Ada na recepção do hospital.

O caso foi complexo. Ada é uma das que mais tempo ficou internada no Genésio Rego, inaugurado em abril de 2020 exclusivamente para o combater o novo coronavírus. Durante o tratamento, a equipe de profissionais da Saúde fez diversas reuniões com a família para discutir os passos que seriam dados. Ferreiro Lindoso, o marido de Ada, acompanhou de perto o tratamento da esposa e diz que conhece todos os funcionários do hospital pelo nome.

“Ela teve uma parada cardíaca no dia 15 de fevereiro. Mesmo tendo sido assistida por um hospital que deu toda a atenção possível – minha esposa foi muito bem atendida, nossa família recebeu toda a assistência -, ela passou por um milagre. Foram 65 dias de muita luta”, conta Lindoso.

“Essa relação que o Genésio Rego tem entre funcionários e família é importantíssima. Em alguns momentos eu ficava muito angustiado. Quando meu telefone tocava, eu ficava desesperado achando que tinha acontecido algo pior, que receberia uma notícia ruim. Foram meses assim. Mas, depois, meu coração ficou mais tranquilo”, afirma o marido.

Ao receber alta, Ada Trícia foi homenageada pela equipe multidisciplinar do hospital. São fisioterapeutas, farmacêuticos, nutricionistas, Serviço Social, médicos, enfermeiros, fonoaudiólogos, psicólogos e auxiliares de serviços gerais na linha de frente.

“Cada alta é uma alegria do paciente, da família, claro, mas também de todos os profissionais da Saúde, porque nosso objetivo é que a família seja restaurada ao receber de volta seu paciente, e que o paciente saia restaurado do nosso hospital. É mais do que alegria o que estamos sentindo”, completou Anselma Viégas.