domingo, 27 de maio de 2018

Maranhão mantém operações para garantir abastecimento e atua com empresários contra crise federal

Caminhões prontos para levar mais combustível a postos e serviços essenciais.
O Governo do Maranhão mantém as operações e comboios para levar combustível a postos de gasolina e serviços essenciais no Estado. Neste domingo (27), um dos focos é o transporte de caminhões-tanque para diversas cidades. Simultaneamente, a região de Imperatriz também tem ações nesse sentido. E a capital continua sendo abastecida.

Os esforços são para reduzir os efeitos da crise federal de combustíveis. O governador Flávio Dino determinou uma série de ações para manter o abastecimento no Maranhão. “Estamos ampliando agora [a operação] para a Baixada Maranhense e também para a região de Imperatriz, onde conseguimos fluir através de MAs ou na BR sob escolta”, explicou o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária, Ted Lago.

O comandante da Polícia Militar, coronel Jorge Luongo, disse que as operações continuam até a normalidade do abastecimento. “Os caminhões estão tendo acesso à nossa capital para abastecer os postos”, disse.

Entre as ações, foram entregues quatro caminhões-tanque para o aeroporto em São Luís, com 130 mil litros de querosene de aviação, garantindo o funcionamento pelo menos até a próxima sexta-feira.

União de forças

O Governo do Estado também fez na manhã deste domingo uma reunião com empresários e proprietários de postos de gasolina para unir forças contra a crise federal.

“Recebemos os donos de postos para garantir essa permanência do aparato de segurança para que a população não sofra maiores impactos do que já vem sofrendo”, disse o secretário da Casa Civil, Rodrigo Lago, referindo-se aos caminhões-tanque que têm sido escoltados pela polícia para garantir o abastecimento.

João Rolim, presidente do Sindicado dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (SindCombustíveis), classificou como “extremamente positiva” a operação montada pelo Governo do Estado para abastecer postos de gasolina e serviços essenciais.

“Poucos [governadores] estão fazendo isso”, afirmou. “A situação já está bem melhor do que estava”, acrescentou.

“Estamos em regime sem parar na nossa base, com profissionais se revezando  para que consigamos, nas janelas de abastecimento que o Governo tem disponibilizado, operar com segurança. Tendo essa segurança, nós temos produto na base para atender”, disse Mauro César Cruz, gerente de varejo da Ipiranga. “Estaremos juntos até o final da crise.”

Leopoldo Santos, da Rede Natureza, afirmou que foi “muito importante o apoio do governo para resolver o problema do abastecimento”. De acordo com ele, “de ontem para cá [sábado para domingo] melhorou muito” e “a gente conseguiu abastecer boa parte dos postos, vamos dar continuidade”.

Para Afonso Ribeiro, da Rede Paizão, “essa comunicação do governo é muito importante”. Antônio Nicolau, da Rede Paloma, disse que a “reunião foi muito proveitosa” e que “o Governo pode intervir na parte da segurança, na parte de apoio logístico, nas viagens dos caminhões até os postos”.

Obras em nova ponte de São Luís segue em ritmo acelerado

Secretário vistoriou as obras no sábado (26). (Foto: Jorge Ribeiro).
O vai e vem constante de máquinas e homens trabalhando em São Luís sinalizam mais uma obra do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura – Sinfra. A rota pela estrada de São José de Ribamar e da Maioba poderá ser feita, em breve, pela ponte que segue em fase de execução e vai conectar as MA’s 201 e 202. Serão mais de 200m ligando as duas rotas facilitando, assim, o acesso e melhorando o fluxo de veículos na área.

Na manhã de sábado (26), o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, esteve acompanhado de técnicos, vistoriando os trabalhos que estão sendo feitos no local. Na obra, já é possível contemplar todo o estaqueamento que foi colocado, máquinas, vigas e a grande estrutura de concreto que aos poucos vai dando forma a toda a extensão do corredor da ponte.

Obras seguem em ritmo acelerado. (Foto: Jorge Ribeiro).
“Esse é mais um grande investimento do governo Flávio Dino para melhorar a mobilidade urbana em toda a região da Ilha. A obra encontra-se em estado bastante avançado, vamos continuar trabalhando com muito afinco e determinação, para que mais esse equipamento público seja entregue para a população”, garantiu Clayton Noleto.

Mobilidade

O Governo do Maranhão também já entregou outras pontes que são importantes para a região da Grande Ilha. A Ponte do Pai Inácio, no Turu, foi realizada em parceria com a Prefeitura de São Luís e desafogou o constante fluxo de veículos na rua General Artur de Carvalho até à Travessa Nossa Senhora da Vitória, no Parque Vitória.

Outras duas pontes também entregues pelo Governo melhoraram o tráfego intenso na estrada Nossa Senhora da Vitória, com a Ponte da Vitória, que dá acesso à MA-202 (Estrada da Maioba), e a Ponte da Juçara, que interliga a MA-201 (Estrada de Ribamar).

Encontro em São Paulo discute remuneração médica

Dr. Mauro durante encontro em São Paulo.
Na última quinta-feira (24), Dr. Mauro César Oliveira (que tem suas raízes em Vargem Grande) esteve reunido em almoço no Hotel Maksoud Plaza em São Paulo, com Lincoln Ferreira, Presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), e Cláudio Lottenberg, Presidente da World Health / Amil e do Hospital Albert Einstein, onde deu início a uma rodada de discussão sobre novos modelos de remuneração que valorize o trabalho do médico que atua com critérios éticos e protocolos cientificamente comprovados.

Segundo Dr. Mauro César, os planos de saúde se queixam da falta de critérios nas solicitações de alguns profissionais, já a AMB defende a liberdade do médico na indicação de exames e de procedimentos, porém jamais apoiará o mal exercício da medicina seja por imperícia ou dolo.

Dr. Mauro César Oliveira é Presidente da Associação Médica do Maranhão e Vice Presidente da Associação Médica Brasileira (AMB) para a região Nordeste.

Vargem Grande também registrou filas em postos de combustíveis

Filas em posto de combustíveis de Vargem Grande.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Os brasileiros vêm acompanhando nos últimos dias a problemática dos desabastecimentos acontecido no país em decorrência da paralisação dos caminhoneiros de todo Brasil. No Maranhão, por exemplo, mais de 15 pontos de interdição estão sendo registrados.

Com isso, diversos serviços essenciais à população foram prejudicados, em especial o fornecimento de alimentos e de combustíveis. Em São Luís, desde a última quinta-feira (24) os postos de combustíveis vêm registrando filas gigantescas de carros e de motocicletas para abastecerem. Na maioria dos locais os combustíveis acabaram.

No município de Vargem Grande não foi diferente. Na sexta-feira (25) filas foram formadas em todos os postos e, pelo o que apurou o Blog com os respectivos proprietários, não têm mais gasolina na cidade. Em alguns locais ainda tem óleo diesel. Em Nina Rodrigues a situação também é a mesma.

Jovem é preso em ônibus transportando 10kg de maconha para Chapadinha


A prisão ocorreu na manhã de sábado (26), quando agentes da Polícia Rodoviária Federal fiscalizavam um ônibus em frente à Unidade Operacional da PRF em Porto Franco, no Km 156 da BR-010.

Vários tabletes de substância semelhante à maconha foram encontrados na bagagem de um garoto de 18 anos, que pegou a droga em Goiânia e teria como destino Chapadinha. Diante das evidências, os agentes da PRF deram voz de prisão e conduziram o indivíduo para a Delegacia de Polícia Civil em Estreito.


Fonte: PRF.

sábado, 26 de maio de 2018

Governo escolta caminhões de combustíveis para diminuir efeitos da crise federal


O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), assegurou na manhã deste sábado (26) escolta policial para caminhões de combustíveis chegarem à capital, garantindo a normalidade em serviços públicos de saúde, segurança e o reabastecimento dos postos de combustíveis.

A medida foi definida na noite de sexta-feira (25), após reunião do governador Flávio Dino com diretores e presidentes de órgãos públicos, sindicatos, empresas privadas e representantes das Forças Armadas para discutir ações que amenizem, em âmbito estadual, os efeitos da crise federal de combustíveis. 

Policiais militares fizeram a escolta dos caminhões para os postos e pontos públicos de abastecimento. A intenção é garantir serviços essenciais para a população, como transporte público coletivo, segurança, serviços de saúde e coleta de lixo. 

“A situação deriva de um problema nacional, mas demanda uma reflexão conjunta, para garantir o fluxo normal dos serviços públicos em todo o Maranhão”, disse o governador Flávio Dino. 

Para o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, “a posição do Governo é de atender a população". 

Ted Lago, presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), que gerencia o Porto do Itaqui, afirma que o trabalho emergencial foi iniciado em São Luís, e deve se estender para o interior a partir deste sábado (26). 

“Nós já iniciamos uma estratégia especial para garantir o transporte urbano, ferry-boat, além da coleta de lixo na capital. Vamos trabalhar para ampliar o que já estamos fazendo”, disse. 

Com a escolta, os serviços públicos são assegurados pelo Estado, e o reabastecimento completo dos postos de combustíveis da capital será concluído em breve.

Prefeitura inicia os Jogos Escolares de São Benedito do Rio Preto


Essa sexta-feira, 25, foi de festa para os estudantes e desportistas do município de São Benedito do Rio Preto. Por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, foram iniciados os Jogos Escolares Sambeneditenses, o JESB 2018 (de 25 a 02 de junho).

A cerimonia de abertura foi marcada por uma grande caminhada pelas ruas do município, até o ginásio de esportes Rosa Veras, onde acontecerão boa parte das competições.

O prefeito Maurício Fernandes participou do evento, junto com secretários e parlamentares do município, destacando a importância dos jogos.

Neste sábado estão acontecendo várias competições, dentre partidas de futsal e no decorrer da semana jogos de várias outras modalidades, como futebol, atletismo, dama e outros. O evento reúne quase 600 atletas de escolas das redes municipal e estadual.

Vejam:

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Homem mantém esposa e filhos reféns e recorre ao suicídio em Codó

Raimundão.
O caso do homem que mantinha a esposa e filhos reféns rua Nossa Senhora Aparecida, bairro São Raimundo, em Codó, terminou com uma pessoa morta. O homem tirou a própria vida após os policiais invadirem a residência e libertarem sua família.

Durante a ação, o homem identificado como Raimundo Nonato Ferreira de Morais, popularmente conhecido como Raimundão, atirou no próprio peito e morreu dentro da casa que morava. Uma equipe médica do SAMU foi acionada e levou o corpo para o morgue do Hospital Geral Municipal – HGM.

Raimundão vinha mantendo a família em cárcere privado desde às cinco horas da manhã sob a mira de um revólver calibre 32. Sua esposa e filhos saíram ilesos e nenhum disparo foi feito pelas policias Militar e Civil.

Do Jornal Pequeno.

BR-226: Após pressão dos deputados federais, empresa se compromete a concluir trecho de 15 km em 30 dias


“A empresa contratada para executar as obras de pavimentação da BR-226, que liga Presidente Dutra a Timon, se comprometeu a concluir o primeiro trecho de 15 kms em 30 dias”, informou o deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB), que acompanhou a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados em vistoria nas obras, nesta manhã (25).

Quatro pontos foram alvo de questionamento por parte dos parlamentares: a conclusão do Baú até o km 100; o início do contorno de Timon; o melhorando do trecho que vai do Baú até Timon; e a recuperação do trecho já asfaltado, que foi feito de forma precária.

Segundo o deputado Rubens Júnior, os parlamentares já marcam uma nova visita nos próximos 30 dias, para avaliar se realmente os trabalhos estão cumprindo o cronograma, já bastante atrasado. Relatos de moradores da região é que as obras só reiniciaram após o anúncio das visitas.

“De Janeiro pra cá, data da última visita, fizeram apenas cinco kms de asfalto. Ritmo de um km por mês. Atraso injustificado e absurdo. E toda vez que chegamos, tem um novo engenheiro, com novos prazos não cumpridos”, destacou Rubens.

Orçamento garantido por emenda impositiva da Bancada do Maranhão no Congresso

De acordo com Rubens Júnior, antes a obra não era executada porque não tinha recursos, porém, a Bancada do Maranhão no Congresso garantiu uma emenda impositiva no orçamento para que a construção pudesse finalmente sair do papel.

“Como esta obra é oriunda de uma emenda impositiva, há uma obrigação legal da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional (CMO) de garantir o restante do recurso. Obra fruto de emenda impositiva não pode ser paralisada”, alertou o deputado.

Além de Rubens Pereira Júnior, também participaram os deputados federais Hildo Rocha e Julião Amin, o deputado estadual Rafael Leitoa, além de vereadores de Timon.

Instituto Gerir foi notificado 19 vezes antes de ter contrato suspenso pela Secretaria de Saúde


O Instituto Gerir, que administrava três unidades hospitalares no Maranhão, vinha sendo notificado desde junho de 2017 sobre imprecisões em sua prestação de contas. Foram 19 notificações ao todo – 11 no ano passado e 8 este ano.

Mesmo assim, o instituto continuou a não cumprir suas obrigações, o que motivou a Secretaria de Estado da Saúde (SES) a suspender o contrato com a organização social. Nas notificações, a SES pedia mais documentos que comprovassem a prestação de contas. 

Em novembro de 2017, por exemplo, a SES comunicou que o instituto tinha até dezembro do mesmo ano para responder a dúvidas no relatório de prestação de contas referente a agosto. Faltavam comprovantes na prestação de contas.

O Gerir não atendeu o conteúdo das notificações, restando ao Estado a suspensão do contrato, para preservar o interesse público. 

Para não prejudicar os pacientes e os funcionários, a administração das três unidades que estavam com o instituto foi trocada por outras instituições cadastradas.

Um ano do falecimento do prefeito de Presidente Vargas Herialdo Pelúcio

Prefeito Herialdo Pelúcio.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Hoje, neste dia 25 de maio, completa exatamente um ano do falecimento do prefeito de Presidente Vargas José Herialdo Pelúcio Júnior, o Herialdo Pelúcio. Como é sabido de todos na região, a sua morte se deu em decorrência de um câncer descoberto logo após as eleições municipais de 2016, quando saiu vitorioso das urnas.

Mesmo enfrentando o tratamento dessa terrível doença, Herialdo Pelúcio foi diplomado, tomou posse como prefeito e administrou a cidade por mais de quatro meses. Ele se afastou do cargo em meados do mês de maio para se dedicar integralmente ao tratamento em São Luís e deu lugar ao seu vice Wellington Uchôa (efetivado prefeito após o falecimento).

Na época, a morte de Herialdo repercutiu em todo estado e deixou a cidade de Presidente Vargas extremamente abalada. O cortejo fúnebre foi realizado em carro aberto e acompanhado por milhares de pessoas, que puderam prestar suas últimas homenagens através de salvas de palmas, cartazes, lágrimas, palavras de agradecimento, flores, etc.

Relembre:

Após assalto, criminosos morrem em confronto com a polícia em São Luís

Carro roubado foi localizado na Vila Esperança, em São Luís (Foto: Divulgação)
Por volta das 4h desta sexta-feira (25), no Maracanã, Zona Rural de São Luís, a Polícia Militar informou que cinco assaltantes abordaram uma vítima, que estava em um veículo vermelho de placa PYR-0840, de Belo Horizonte-MG. Eles deixaram o motorista no local e levaram o carro para cometer outros assaltos, segundo a polícia.

Saíram do Maracanã e quando estavam na Vila Esperança, também Zona Rural de São Luís, os suspeitos foram localizados por policiais militares. Houve troca de tiros e a informação oficial é de que quatro dos cinco ocupantes do veículo foram feridos.

Eles foram levados para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I), no Centro de São Luís, sendo que dois não resistiram e morreram instantes depois de darem entrada na unidade de saúde. Os nomes ainda não foram divulgados.

Do G1 MA.

Arari deverá realizar concurso público em até 180 dias

O Município de Arari deverá, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias, realizar concurso público para o preenchimento de todos os cargos ilegalmente ocupados por servidores contratados, assim como aqueles vagos ou criados por lei (efetivos); e abster-se de admitir novos servidores temporários com base nas leis municipais Nº 12/2013 e 34/2018. A determinação é de sentença assinada pelo juiz Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior, titular da Comarca de Arari, que também determina a não renovação dos contratos de trabalho temporários que estiverem findando.

Prefeito de Arari Djalma Melo.
Em tutela provisória de urgência, o juiz ainda determinou a suspensão imediata de novas contratações de servidores públicos para o atendimento de “necessidade excepcional de interesse público”, situação que não foi comprovada no processo pelo município de Arari. A multa será de R$ 1 mil por dia em caso de descumprimento, limitada a R$ 200 mil.

Constou na Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público (MPMA) que, no ano de 2013, a Câmara Municipal de Vereadores de Arari aprovou a Lei Municipal n.º 12/2013, que foi sancionada pelo prefeito à época, autorizando a contratação indiscriminada de servidores temporários sob alegação de “necessidade excepcional de serviço”, porém considerando em tal situação (necessidade de serviço) praticamente todas as atividades e possibilitando que fossem efetivadas contratações de servidores em desacordo com a Constituição Federal. "Em outras palavras, autorizou o prefeito a desconsiderar a Constituição Federal para realizar as contratações que bem entender, sendo uma total afronta aos princípios constitucionais da legalidade, moralidade, impessoalidade e do concurso público", afirmou o MP em referência à Lei Municipal.

O juiz ressaltou que as hipóteses de contratação temporária devem estar voltadas para o atendimento imediato de necessidades temporárias, não estando os responsáveis por aprovar as leis livres para escolher as situações fáticas que caracterizam excepcional interesse público. “Devem ser considerados os aspectos da necessidade transitória (temporária) e do excepcional interesse público”, observou a sentença.

O magistrado também considerou ausente um motivo crível ou razoável par justificar a previsão de retroatividade da lei (sancionada em 20.09.2013) para o dia 04.01.2013 - primeira semana de mandato do prefeito.

Em sede de controle difuso, a sentença declarou a inconstitucionalidade das Leis Municipais nº 012/2013 e 034/2017, considerando a expressa violação ao conteúdo do art. 37, caput, II e IX, da Constituição Federal - que determina a investidura em cargo ou emprego público por meio de aprovação prévia em concurso público.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Ônibus circularão apenas com 50% da frota em São Luís nesta sexta-feira


A situação de escassez no abastecimento combustível já afeta a circulação de ônibus em São Luís. O Sindicato de Empresas de Transporte e Passageiros de São Luís confirmou a paralisação de 50% da frota nesta sexta-feira (25). Em nota divulgada na tarde de hoje (24), o SET explicou que a redução da frota se daria pelo desabastecimento de combustível das empresas.

Leia na íntegra. “Informamos aos usuários do sistema de transporte público de passageiros que, devido ao desabastecimento de combustível das empresas, será reduzida a frota de coletivos em até 50%, para garantir o atendimento mínimo na capital. Lamentamos os transtornos enfrentados pelos nossos usuários e estamos aguardando a normalização do fornecimento de combustível”.

Do MA 10.

Em passagem pelo Médio Mearim, Adelmo Soares parabeniza região pela Agritec

Adelmo Soares na 16ª Agritec.
Nos últimos três dias, a cidade de Lago da Pedra no Médio Mearim tornou-se a capital maranhense com a realização da 16° edição da Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec); com a presença de autoridades, lideranças políticas e o governador Flávio Dino, o evento foi um enorme sucesso. 

Outro grande destaque foi a presença do ex-secretário da SAF e pré-candidato a deputado estadual, Adelmo Soares, que ao lado dos prefeitos da região Médio Mearim, Laércio Arruda (Lago da Pedra) e Chico Freitas (Lagoa Grande) consolidou o seu nome e apoio de aliados. 

Adelmo Soares na 16ª Agritec.
Adelmo que tem realizado reuniões e diálogos com os sindicatos, está sendo apresentado pelos movimentos sociais, FETAEMA e MST como o pré-candidato da classe, tendo se fortalecido devido à excelente gestão e legado deixado na pasta da agricultura familiar, onde promoveu com apoio do Governo do Estado, uma verdadeira revolução, garantindo voz e espaço aos que antes eram invisíveis. 

Ao ser procurado pelo blog, Soares falou orgulhosamente sobre a realização da Agritec. “Quando idealizamos esse projeto, sabíamos da importância e da necessidade de fortalecemos a agricultura familiar e de capacitar, levar informações e garantir mais dignidade aos nossos trabalhadores e trabalhadoras rurais. Hoje, a feira já é um sucesso e chegando à 16ª edição”, afirmou. 

Adelmo Soares na 16ª Agritec.
Na ocasião, o ex-gestor não deixou de destacar e parabenizar a toda equipe. “O sucesso da feira vem principalmente do trabalho de toda equipe, dos prefeitos da região, dos sindicatos e dos movimentos sociais, dos parceiros e de todos os servidores que estão nos bastidores, preocupados e empenhados em fazer o melhor. O secretário Júlio Mendonça, a presidenta Loroana Santana e todos os envolvidos do Sistema SAF deram o seu máximo”. 

Adelmo Soares, tem consolidado o seu nome para o legislativo estadual, mostrando que trabalho e empenho garantem bons resultados.