sábado, 20 de outubro de 2018

Idoso é assassinado pelo cunhado no Povoado Leite

Idoso foi assassinado no povoado Leite.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Na tarde desta sexta-feira (19), por volta das 13h30, um assassinato foi registrado no povoado Leite, município de Itapecuru-Mirim, onde o idoso Cosme Gomes Polvoas foi assassinado pelo cunhado com um golpe de arma branca (faca) na região da axila direita. 

O autor do crime foi identificado como José Maria dos Santos e era cunhado da vítima. Ele se evadiu do local e tomou destino desconhecido até o momento. 

A polícia militar esteve no local e foi informada de que José Maria tentou assassinar outra pessoa na noite anterior, também a facadas. A delegacia regional de polícia civil de Itapecuru-Mirim foi informada do caso.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Mulher é presa com armas de fogo, munições e produtos sem nota fiscal em Itapecuru-Mirim

Armas apreendidas.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

A polícia civil do Maranhão, através da delegacia regional de Itapecuru-Mirim, juntamente com a equipe de Vargem Grande, prendeu em flagrante delito na última quarta-feira (17) uma mulher identificada como Lucileide Feitosa de Jesus, de 36 anos, no bairro Torre, em Itapecuru.
Cigarros e medicamentos apreendidos.
Em cumprimento de busca domiciliar foi localizado dois revólveres calibre 38 com cinco munições, mais de 300 maços cigarros sem nota fiscal, além de muitos medicamentos farmacêuticos também sem nota. O delegado Samuel Morita, em entrevista à TV Vale do Itapecuru, falou sobre mais essa importante operação desenvolvida pela polícia civil.

Vejam:

Secretário de Cultura Ed Farma implanta Projeto Reciclar em Chapadinha


Por Blog do Alpanir Mesquita.

O secretário de Cultura de Chapadinha Ed Farma, com apoio da prefeitura municipal, implantou um importante projeto no município. Trata-se do "Projeto Reciclar: Tenha atitude, reinvente, reutilize, reduza". O secretário está recebendo a doação de garrafas pets, que posteriormente passarão por processos de reciclagem nas escolas. Os alunos aprenderão a trabalhar com artes plásticas e decorações em geral.

A decoração natalina de Chapadinha também será feita a partir do projeto.

"A secretaria municipal de Cultura agradece a todos os contribuintes desse projeto, pois iremos mostrar para a sociedade chapadinhense que as nossas crianças aprendem a dar vida para objetos jogados fora", disse Ed Farma, bastante entusiasmo com o sucesso da iniciativa que a cada dia recebe mais doações.

Vejam algumas doações:



Disk Recicle: 98 99154-3446.

Acusado de assassinato é absolvido durante Tribunal do Júri em Coroatá

Imagem meramente ilustrativa.
A 2ª Vara da Comarca de Coroatá realizou uma sessão do Tribunal do Júri nesta quinta-feira (18), com o julgamento de Edsoneres Alves Araújo, conhecido com “Paredão ou Som”, acusado de homicídio qualificado mediante emboscada contra um homem. O Conselho de Sentença, presidido pelo juiz Francisco Ferreira de Lima, titular da unidade judicial, decidiu pela absolvição do acusado da prática do crime.

Consta na denúncia ministerial, que no dia 20 de agosto de 2011, no Povoado “Vai Quem Quer”, em Coroatá, Edsoneres Alves Araújo e Alexandro Leite (foragido) teriam surpreendido a vítima, mediante emboscada, desferindo quatro tiros, dos quais dois o atingiram mortalmente. Na data, antes de sofrer o atentado, o homem ingeriu bebida alcoólica no Bar do Seu Valter, sendo seguido após sua saída daquele estabelecimento.

“Conforme apurado nas investigações da Polícia, o motivo do crime seria o fato da vítima ter estuprado a esposa do denunciado Alexandre Leite, no ano de 2005, quando o mesmo cumpria a pena em presídio estadual”, narra o MPMA.

Durante o julgamento, Edsoneres negou a autoria do crime, atribuindo o fato criminoso a Alexandre Leite, que encontra-se foragido até o momento, com Mandado de Prisão aguardando o cumprimento pelas autoridades policiais.

Além do magistrado Francisco Lima e dos sete jurados do Conselho de Sentença, atuaram pela acusação, o promotor de Justiça Luís Samarone de Carvalho; e defesa, o advogado André Farias Pereira.

Jornalistas do O Imparcial são indicados ao prêmio ‘Eu Faço a Diferença’

Esaú.
O prêmio maranhense ‘Eu Faço a Diferença’ abriu votação popular em 23 categorias para eleger os melhores trabalhos e conteúdos locais. Os indicados variam entre diretores de clipes e de peças teatrais, cantores, DJs, jornalistas e drags também. A votação online está disponível no site www.premioeufacoadiferenca.com. Mais informações podem ser encontradas no Instagram @premioeufacoadiferenca. A votação vai até o dia 10 de dezembro.

Na categoria jornalista do ano, o O Imparcial possui duas indicações, o repórter Esaú Araújo, premiado esse ano em primeiro lugar pela Ordem dos Advogados do Brasil com a reportagem: ‘quebrando barreiras e conquistando espaços’ https://oimparcial.com.br/noticias/2017/06/no-dia-do-orgulho-lgbt-confira-historias-de-luta-e-resistencia/  e a repórter Juliana Ribeiro, ativista no movimento feminista.

Esaú fala sobre a importância de ser indicado para um prêmio como esse: “Há quatro anos que permeio nos veículos de comunicação, eu enquanto gay e jornalista ficava inquieto com o número de membros LGBTQ+ que não levantavam bandeira, sendo que a mídia tem um alto potencial informativo, tendo ela a capacidade de quebrar parcelas da ignorância humana. E agora pela segunda vez sou indicado a uma premiação por representar na categoria jornalística a minha comunidade. O prêmio é um reconhecimento, mas conquista mesmo é podermos ter o direito de ocuparmos espaços antes tidos apenas para um segmento de gênero”, afirma.  

Juliana Ribeiro diz que se sentir grata e feliz por ver seu trabalho sendo reconhecido e mais ainda e mais ainda ver a “diferença e que as pessoas se conectam com o que você produz. É muito satisfatório também dividir essa categoria com profissionais e colegas que eu admiro e me inspiro e que estão inovando o jornalismo”, ela ainda conta o seu diferencial dentro do jornalismo é trazer a exaltação da maranhensidade: “e fazer com que a gente sinta orgulho daqui. Sou ludovicense nata, cresci na Madre Deus e no Centro, no meio da efervescência cultural, e por isso minha vontade é que todo mundo possa ter essas experiências que eu já tive e descobrir um pouquinho mais da ilha e do estado, através de um jornalismo irreverente, convidativo e jovem, trazendo os traços do povo maranhense que a gente tanto ama!”, conclui. 

PRÊMIO EU FAÇO A DIFERENÇA

O ‘Eu Faço a Diferença’ tem como objetivo incentivar e dar maior visibilidade aos profissionais locais que batalham diariamente com seu trabalho para somar à cultura maranhense, levando alegria através do entretenimento, lutando pela valorização da arte, liberdade de expressão, respeito, sendo porta-voz de uma geração e buscando reconhecimento em sua área de atuação.

CATEGORIAS

Ao todo, são 5 grandes seções. Estão inclusas na seção Música as categorias de DJ do ano, clipe do ano, show do ano, música do ano e cantor (a) do ano. Em Entretenimento, poderão ser escolhidos a festa do ano, o curta ou documentário do ano, a calourada do ano, a peça teatral do ano, a festa LGBTQI+ do ano, casa noturna LGBTI+ do ano.

Já em Técnicas, as categorias são de ator/atriz do ano, diretor do ano, jornalista do ano, fotógrafo do ano, maquiador do ano, designer gráfico do ano. Na seção Arte e Moda, estão as categorias de drag do ano, look do ano, stylist do ano, dançarino do ano e intervenção artística. Na seção Social, poderá ser escolhido o projeto social do ano.

Delegado Samuel Morita fala sobre caso de homem que estuprou a enteada de 10 anos em Itapecuru-Mirim

Por Blog do Alpanir Mesquita.

O delegado regional de Itapecuru-Mirim Samuel Morita concedeu entrevista ao repórter Telmar Félix, da TV Vale do Itapecuru, e falou sobre o caso do homem preso sob acusação de estupro da própria enteada de apenas 10 anos. A prisão aconteceu na última terça-feira (16) no povoado Picos I e chocou a população da cidade e também da região (reveja).

O delegado também tratou da prisão acontecida no mesmo dia no povoado Bebedouro, onde um homem foi enquadrado da Lei Maria da Penha.

Veja a reportagem:

Faculdade do Baixo Parnaíba abre inscrições para Mestrado em Educação


O Programa de Pós-Graduação em Educação stricto sensu da Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC comunica a abertura do processo de inscrições para a seleção de candidatos ao Curso de Mestrado Interinstitucional PPGEdu/UNISC – FAP/CRESU, regido pelas normas a seguir descritas e conduzido pela Comissão de Seleção, constituída nos termos do Regimento Interno do Programa pelos professores Cláudio José de Oliveira e Felipe Gustsack.

O Edital e as Inscrições estão disponíveis no site oficial da FAP (Clique Aqui).

Corpo de Bombeiros de Itapecuru-Mirim realiza evento de prevenção ao suicídio

Bombeiros de Itapecuru-Mirim.
Do Blog do Alpanir Mesquita.

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, por intermédio de seu 11º Batalhão, sediado em Itapecuru-Mirim, promove junto à profissionais de segurança pública e da saúde capacitação na abordagem em vítimas em tentativa de suicídios.

O ato visa enaltecer a campanha de prevenção ao suicídio “Juntos pela Valorização da Vida” do setembro amarelo.

Participaram da capacitação bombeiros militares, policiais militares, guardas civis municipais, bombeiros civis e órgãos do sistema público de saúde, secretaria municipal de saúde, assim como o Corpo de Saúde do Hospital Regional Adélia Matos Fonseca.

Homem é preso por embriagar e estuprar criança no interior do Maranhão

Homem foi preso pela PM.
SENADOR LA ROCQUE - Um homem foi preso suspeito de ter embriagado e estuprado uma criança de 10 anos, no bairro Santa Luzia, em Senador La Rocque, que a 35 km de distância de Imperatriz.

De acordo com informações policiais, a vítima foi atraída pelo vizinho, identificado como Raimundo Nonato da Conceição Oliveira, de 38 anos, em companhia de um adolescente de 13 anos, para irem tomar banho em um açude. No caminho, o suspeito comprou uma garrafa de vinho. Ainda segundo a polícia, ele teria embriagado a garota e praticado o ato sexual com ela.

A polícia informou ainda que o adolescente de 13 anos, ao perceber o que estava acontecendo, correu e avisou os familiares da vítima. A Polícia Militar foi informada, logo fez rondas no local e só conseguiu prender Raimundo Nonato da Conceição por volta das 22h, dessa quinta-feira (18).

A garota foi levada para Hospital no município, acompanhado do Conselho Tutelar de Senador La Rocque, e foi encaminhada para Imperatriz para exames, que comprovaram que ela foi estuprada.

Raimundo Nonato foi apresentado por policiais do 14º Batalhão da PM em Imperatriz e autuado por estupro de vulnerável. Ele negou o envolvimento do adolescente e confessou o crime alegando que estava bêbado.

Do Imirante.

Ex-prefeito de Arari é condenado por irregularidades em licitação e arrecadação

Ex-prefeito Leão Santos.
O juiz Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior, da Comarca de Arari (MA), condenou o ex-prefeito da cidade, Leão Santos Neto, em Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa proposta pelo Ministério Público estadual e fundamentada em decisão do Tribunal de Contas do estado (TCE-MA). A sentença fixou as penas de ressarcimento integral do dano (R$ 17.130,43), com juros de mora de 1% ao mês e correção monetária pelo INPC; perda da função pública - caso a exerça; suspensão dos direitos políticos pelo período de oito anos; pagamento de R$ 34.260,86 de multa civil, com juros de mora de 1% ao mês e correção monetária pelo INPC e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios pelo prazo de cinco anos.

O ex-gestor foi denunciado pelo Ministério Público estadual após terem sido julgadas irregulares, pelo TCE-MA, sua prestação de contas do Fundo Municipal de Saúde, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação e tomada de contas dos Gestores da Administração Direta, referentes ao exercício financeiro de 2007.

De acordo com o Ministério Público, a Corte de Contas detectou irregularidades formais em procedimentos licitatórios realizados no município, para aquisição de combustível e contratação de empresa de serviço médico especializada em radiologia, além do não envio do relatório e do parecer do controle interno sobre a prestação de contas e da ausência de recolhimento do IRRF ao tesouro municipal em pagamentos realizados a credores.

Por essas razões, o MPE pleiteou a concessão de liminar para indisponibilidade dos bens do ex-prefeito e, no final, sua condenação nas penas da Lei nº 8.429/92 (Improbidade Administrativa).

IMPROBIDADE - O juiz julgou parcialmente procedentes os pedidos do MPE e condenou o ex-prefeito pela prática dos atos de improbidade previstos na Lei nº 8.429/92.

Ao analisar os documentos contidas no processo, o juiz concluiu que o réu não comprovou o desconto do IRRF, o que constitui irregularidade grave, pois não demonstra o recebimento, pelo Município de Arari, dos recursos da necessária arrecadação. Na aquisição de combustível, como não foi tornada pública a licitação para conhecimento dos interessados, nem divulgado o contrato, ficou notória a omissão dolosa e má-fé em violar o princípio constitucional da publicidade.

O serviço de radiologia contratado por dispensa de licitação, no valor de R$ 45 mil, não poderia ter sido efetivado, além da ausência de inúmeros documentos da Unidade Radiológica Ltda, como estatuto social e alvará de funcionamento, não demonstrando a idoneidade e capacidade da empresa. Nesse caso, no entanto, como não houve prova de que os serviços não foram prestados, não foi constatada lesão ao erário.

DEFESA - Leão Santos Neto apresentou defesa alegando não ter sido comprovado prejuízo ao erário ou o seu enriquecimento ilícito. Questionou a prescrição da ação e disse não haver locupletação de verbas pública ou vontade em se beneficiar dos repasses federais por meio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Argumentou ainda que a sua prestação de contas da administração municipal em 2006 foi aprovada pela Câmara de Vereadores de Arari.

O juiz assegurou na sentença que, embora o ex-prefeito tenha alegado a aprovação das contas pelo Legislativo Municipal, isso não impede a responsabilização da conduta por improbidade. “Ocorre que o não acolhimento do parecer da Corte de Contas, pela Câmara Municipal, não tem o condão de afastar a responsabilidade civil do agente político, pois o julgamento naquela Casa legislativa tem caráter meramente político-administrativo, enquanto o julgamento do tribunal de Contas é técnico”, observou.

O magistrado também reafirmou que as decisões dessas casas acerca das contas de determinado exercício, prestadas pelo prefeito, não vinculam o Judiciário, principalmente envolvendo improbidade administrativa.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Carreta pega fogo no Campo de Peris na BR-135


Uma equipe PRF da Unidade Operacional de Pedrinhas em São Luís atendeu no km 26 da BR-135, município de Bacabeira, uma ocorrência de incêndio, que consumiu completamente uma carreta transportadora de resíduos. 

O veículo transitava descarregado no sentido decrescente da via (entrando na Ilha de São Luís), quando o fogo teve início e rapidamente consumiu toda a carreta, que voltava do interior do estado. O incêndio chamou a atenção de quem transitava pelo local. Uma equipe do corpo de bombeiros foi acionada para apagar o incêndio.

Colisão com dois feridos

Por volta do meio dia, no km 20 da BR 135 ocorreu um acidente tipo colisão traseira que deixou dois feridos graves. Uma motocicleta transitava logo atrás de um Renault Duster, quando este freou e a motocicleta não conseguiu parar. Os dois ocupantes da moto ficaram gravemente feridos e foram conduzidos para o hospital. 

Fonte: PRF.

Pastor acusado pela morte de professor é condenado a 19 anos de reclusão em Imperatriz

Pastor Roberval.
Em sessão do Tribunal do Júri realizada nesta quarta-feira (17) no Fórum da comarca de Imperatriz, o pastor Roberval Serejo foi condenado à pena de 19 anos e três meses de reclusão, a ser cumprida inicialmente em regime fechado, pelo crime de homicídio qualificado. A sessão de Júri Popular foi presidida pelo juiz Adolfo Pires da Fonseca.

Roberval Serejo foi acusado pelo assassinato do professor Raimundo Conceição da Silva, crime ocorrido no dia 31 de dezembro de 2016.

Segundo consta da denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual, a vítima teria descoberto que o acusado teria um relacionamento amoroso com sua esposa, e teria ameaçado denunciar o pastor para o Conselho da igreja da qual fazia parte, o que teria motivado o crime. O corpo do professor foi encontrado dentro do próprio carro, na periferia da cidade de Imperatriz.

A acusação foi feita pelo promotor de Justiça Carlos Rostão, tendo a defesa alegado a tese de legítima defesa, que não foi aceita pelo Conselho de Sentença, que reconheceu a autoria e materialidade do fato, bem como a letalidade das lesões sofridas pela vítima.

Ao fixar a pena, o magistrado negou ao acusado o direito de recorrer em liberdade, entendendo estarem presentes os requisitos para manutenção da prisão.

Secretaria de Educação desenvolve projeto em alusão a Semana de Alimentação em Vargem Grande


Com o tema “Alimentação Saudável: Um Direito de Todos”, a Prefeitura de Vargem Grande, através da Secretaria de Educação – Semed, está desenvolvendo um projeto em alusão a Semana de Alimentação Escolar.

Desenvolvido pela Coordenação de Alimentação Escolar e Cozinha industrial e lançado no Dia Mundial da Alimentação (06 de outubro), o projeto tem como objetivo principal a promoção de alimentação adequada e saudável no ambiente escolar.

Nessa primeira etapa serão atendidos os alunos dos turnos matutino e vespertino da Creche Dra. Ana Maria Fernandes numa ação em que serão trabalhados três temas: apresentação dos alimentos, grupos de alimentos e sua importância, além de práticas de higiene e manuseio dos alimentos.

“Queremos parabenizar o Genildo, o Douglas e as nutricionistas Caroline, Fabiana e Olivia pela iniciativa pioneira e inovadora. Esse ano o projeto será feito na Creche Dra. Ana Maria, mas no próximo ano a meta é estender a ação para as demais unidades da rede municipal de ensino”, explicou o secretário Thiago Braz.

Ciclista morre atropelado por carreta na BR-135 em São Luís


A Polícia Rodoviária Federal atendeu por volta das 14h desta quinta-feira (18), no km  13 da BR-135, em São Luís-MA, um acidente tipo atropelamento de ciclista que vitimou Antônio Ernande Rodrigo Soares, de 42 anos.

Como aconteceu

O acidente se deu no sentido crescente da rodovia, quando o condutor de uma carreta Scania, para evitar uma colisão traseira, desviou o veículo de carga para o acostamento e atropelou o ciclista. A vítima seria um borracheiro da área de Pedrinhas.

O condutor da carreta abandonou o veículo e fugiu do local em um passeio de um amigo dele. A equipe PRF saiu em busca do acusado e o encontrou próximo à Estiva. Ele foi conduzido para a UOP PRF de Pedrinhas e em seguida para a delegacia de Polícia Civil. 

Fonte: PRF.

Ex-secretário de Saúde do Maranhão é preso por suspeita de desvio de recurso público


A Justiça Federal acolheu pedidos do Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão da 7ª fase da Operação Sermão aos Peixes, deflagrada nesta quinta-feira (18). A investigação apura o desvio de verbas da saúde e o uso de dinheiro público para influenciar a opinião pública através de blogueiros maranhenses.

Por meio de nota, a Superintendência de Polícia Federal no Maranhão informou que Ricardo Murad, que se apresentou espontaneamente pela manhã na sede da PF, permanece custodiado nas dependências da SR/MA devido à necessidade de reinquirição do mesmo depois de ouvidos todos os outros presos envolvidos na operação. Está sendo conduzido de Goiânia Emílio Borges Rezende, um dos administradores da organização Bem Viver no período que Ricardo Murad era secretário de saúde no Maranhão, e da cidade de Imperatriz o Justino Filho. Após a oitiva de todos, será decidido o destino de Ricardo Murad.

Os investigados da Operação Abscondito poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, dentre outros que possam ainda ser apurados. Após os procedimentos legais, os presos serão encaminhados ao sistema penitenciário estadual, onde permanecerão à disposição da justiça federal.

A representação policial, proposta pelo MPF em 25 de setembro, foi motivada pelas constatações obtidas no inquérito Policial nº 047/2016, instaurado para apurar irregularidades em relação ao desvio de recursos públicos provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS), destinadas pela Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão à Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) Bem Viver, entre os anos de 2009 e 2013.

A investigação identificou a existência de uma organização criminosa especializada em desviar recursos públicos federais do Sistema de Saúde para empresas supostamente de fachada. Investigando as contas de tais pessoas jurídicas, verificou-se que foram utilizadas para o propósito de ocultar a origem dos valores, que eram, em parte, ilicitamente apropriados pelo Deputado Estadual Antônio Pereira Filho e em parte distribuídos, por meio de pagamentos ilícitos mensais, a uma rede de blogueiros maranhenses, que deveriam influenciar a opinião pública em favor do grupo político integrado pelo deputado e pelo então Secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Ricardo Jorge Murad. Ele permanece detido na sede da Polícia Federal, na Cohama.

Foi constatada também o recebimento de ilícitos por parte do radialista Justino de Oliveira Filho e do músico Luciano Almeida Figueiredo. Além disso, verificou-se que as pessoas jurídicas eram geridas por Emílio Borges Rezende, Plínio Medeiros Filho e, ocultamente, pelo deputado Antônio Pereira Filho, que utilizaram Valdeney Francisco Saraiva da Silva e Flávia Georgia Borges Gomes, respectivamente presidente e tesoureira da OSCIP, como “testas de ferro” para assegurar o desvio de dinheiro público.

A responsável pela operacionalização desse desvio era Maria da Conceição de Barros, que detinha o controle dos talões de cheque das pessoas jurídicas utilizadas pela organização criminosa. A partir disso, a Justiça Federal acolheu parcialmente a representação do MPF e determinou que fossem cumpridos mandados de prisão temporária, busca e apreensão e constrição patrimonial dos citados na investigação, tanto pessoas físicas quanto jurídicas.

Do Portal MA10.