ANTES NÃO TINHA, AGORA TEM

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Gerente de motel é preso acusado de praticar feminicídio em São Luís

O gerente de motel Valmir Carvalho Ramos, 53 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (17) por ser o principal suspeito de assassinar a moça com quem mantinha um relacionamento amoroso – Nathalia Costa Oliveira, de apenas 21 anos.  Ele ficará preso por trinta dias no Complexo Penitenciário São Luís (antigo Complexo de Pedrinhas)

Ele foi preso em sua casa, na Cidade Olímpica. Nathalia Costa foi assassinada no dia primeiro de outubro de 2017, na Estrada da Mata, no bairro Matinha.

A investigação está sendo realizada pela equipe do Departamento de Feminicídio do Maranhão que deu cumprimento ao Mandado de Prisão Temporária expedido pelo juiz da Central de Inquéritos, Dr. Flávio Roberto Ribeiro Soares, após representação feita pela Delegada Viviane Azambuja, chefe do Departamento.

Veja mais detalhes da prisão com a repórter Layne Corrêa:



Do Portal MA 10.

Assembleia Legislativa: Ana Paula Lobato assume presidência do Gedema

Ana Paula e Othelino Neto.
A enfermeira Ana Paula Lobato, esposa do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), assumiu, nesta quarta-feira (17), a presidência do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema). A assinatura do termo de posse aconteceu na sede do Gedema e foi prestigiada pelo presidente da Casa, esposas que compõem o grupo, diretores e parlamentares.

Enfermeira por formação e empresária, Ana Paula Lobato garantiu que dará continuidade ao excelente trabalho desempenhado pela Dra. Cleide Coutinho. Ela também ressaltou que o Gedema seguirá cumprindo com o seu papel de promover a integração entre os funcionários da Casa e ajudar em causas e projetos sociais.

“Foi feito um belo trabalho pela Dra. Cleide Coutinho. Vamos continuar dando assistência aos servidores da Casa e ajudar no que for possível nas ações sociais, na Creche-Escola Sementinha e no projeto Sol Nascente. Ainda estamos nos ambientando e, mais para frente, vamos poder falar sobre novidades e novos projetos”, completou.

A posse da nova presidente do Gedema foi bastante prestigiada. Entre os presentes estavam a deputada Ana do Gás (PCdoB), os deputados Hemetério Weba (PV) e Fernando Furtado (PCdoB). 

O presidente Othelino Neto destacou que, pelas circunstâncias, foi preciso fazer a transição para que o Gedema continuasse a cumprir com a sua função.

“Vai ser feito um trabalho de continuidade no Gedema, que já vinha sendo realizado com muita competência pela Dra. Cleide Coutinho. O grupo continuará a agir junto aos funcionários da Casa, promovendo a integração entre os servidores e, ao mesmo tempo, dando seguimento aos projetos sociais, que são muito importantes”, assinalou.

Representantes de vendas sofrem acidente entre Vargem Grande e Nina Rodrigues

Carro com grandes avarias.
Um veículo modelo Corsa de cor vermelha com placas NHC 4450 de São Luís, capotou quando se dirigia de Nina Rodrigues para Vargem Grande no final da manhã desta quarta-feira (17). Os dois ocupantes do veículo não quiseram se identificar, apenas informaram que são representantes de vendas.

O motorista e o outro ocupante informaram que o condutor estava dirigindo e ao mesmo tempo comendo biscoitos. Um dos biscoitos caiu e quando o motorista foi pegar no solo do carro, perdeu o controle e capotou. Felizmente ninguém teve lesões graves, apenas o veículo ficou parcialmente destruído.

Do Blog do Zé de Fátima.

Dr. Bonifácio Barbosa estará consultando nesta sexta-feira na Clínica São Lucas de Vargem Grande

Estará consultando nesta sexta-feira, dia 19 de janeiro, a partir das 13h nas dependências da Clínica São Lucas de Vargem Grande, o Cardiologista Dr. Bonifácio Barbosa, médico da UDI hospital de São Luís.  

Agende sua consulta pelo telefone 99211-9327. 

Clínica São Lucas, aqui a saúde de sua família está em boas mãos.

Construção do Shopping da Ilha gera indenização de R$ 6 milhões por danos ambientais

Shopping da Ilha.
A Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís publicou sentença na qual condena as empresas SC2 Maranhão Locação de Centros Comerciais LTDA (Sá Cavalcante) e Daniel de La Touche Participações LTDA a indenizar os danos ao meio ambiente causados pela supressão de palmeiras de babaçu e às nascentes, assim como aqueles que foram causados pela construção do empreendimento Shopping da Ilha, no valor de R$ 6 milhões, destinado ao Fundo Estadual de Proteção dos Direitos Difusos. A sentença tem a assinatura do juiz Douglas de Melo Martins, titular da unidade judicial.

A sentença também condenou as duas empresas a indenizarem os danos causados à comunidade Vila Cristalina, devendo apresentar projeto que contemple investimento de igual valor (R$ 6 milhões), com prazo de um ano de execução, abatendo-se as despesas comprovadamente já efetuadas no local.

Na mesma sentença, o juiz determina que o Município de São Luís e a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) se abstenham de conceder novas licenças ambientais e aprovações para os empreendimentos em questão, enquanto não realizado Estudo Prévio de Impactos Ambientais e avaliada, com segurança, a real disponibilidade de água para abastecimento, sob pena de multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais), destinados para o Fundo Estadual de Proteção dos Direitos Difusos - FEPDD (Lei 10.417/2016). A ação civil pública foi ajuizada pelo Ministério Público Estadual e se refere à necessidade de novo licenciamento ambiental, bem como a constatação de danos já causados pelo empreendimento.

AÇÃO CIVIL - No pedido, o Ministério Público narrou que o Grupo Sá Cavalcante iniciou a construção de empreendimento misto, destinado à comercialização de 3.600 apartamentos e 2.400 salas comerciais, com a aprovação do Município de São Luís, desconsiderando a ocorrência dos impactos ambientais. Afirmou, também, que a Secretaria de Meio Ambiente do Município de São Luís licenciou o empreendimento objeto da demanda e expediu certidão de uso e ocupação do solo - o que indica duplicidade de índices urbanísticos, pois o lote usado se encontraria tanto em Corredor Primário quanto na Zona Residencial. O MP alegou também que houve desdobro sucessivo irregular da gleba originária, a qual foi parcelada quatro vezes, objetivando fugir da aplicação da Lei nº 6.766/79 (que dispõe sobre o Parcelamento do Solo Urbano).

Ressalta a ação, que a CAEMA emitiu informações contraditórias sobre a disponibilidade de água e esgoto no empreendimento em questão, pois mesmo assumindo não possuir condições de promover o abastecimento do empreendimento, reconheceu a possibilidade do empreendimento em face de uma obra futura naquela região (Plano de Aceleração do Crescimento). Para o autor, a execução do projeto comercial (Shopping da Ilha) gerou impactos aos moradores da comunidade próxima, denominada Vila Cristalina e que, embora a empresa tenha buscado reparar os danos causados, através de Termo de Compromisso, a ausência de estudos de impactos ambientais gerou a violação de direitos da comunidade quanto à moradia, saúde, acessibilidade e preservação ambiental.

SENTENÇA - Ao analisar o processo, o juiz relata que a prova pericial constatou que não houve uma avaliação completa acerca dos impactos ambientais ocasionados pelo empreendimento Shopping da Ilha, em especial a insuficiência de informações quanto ao diagnóstico ambiental (meio físico, meio biológico e meio social e econômico); fatores sociais e organizacionais (dinâmica populacional, uso e ocupação do solo, quadro referencial do nível de vida, estrutura produtiva e de serviços, organização social), informações que não foram suficientes para suprir os impactos ambientais ocorridos, por tratar-se de empreendimento de grande porte e alto impacto ambiental. “As áreas afetadas foram comprometidas de forma significativa e irreversível, devido ao desnivelamento das moradias da Vila Cristalina em relação às vias de acesso à comunidade, gerando aos moradores dificuldades de acesso às suas moradias e enchentes nas casas em épocas de chuva, causando danos às moradias e aos moradores; incapacidade do sistema de escoamento de água, visto que existe uma grande diferença de nível entre a Avenida Daniel de La Touche e a comunidade, entre outros”, frisou o juiz na sentença.

O magistrado citou normas como a Política Nacional de Meio Ambiente (Lei nº 6938/81) e o artigo 225 da Constituição Federal – que estabelece o direito de todos ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. “A concretização do direito ao meio ambiente equilibrado deve ser vista sob a ótica dos direitos inerentes ao homem, direitos atemporais e que devem ser perseguidos com prioridade pelo Estado”, ressaltou.

Vargem Grande: Homem é preso após matar animal de estimação de vizinho

Animal morto.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Na manhã desta quarta-feira (17), por volta das 7h30, a polícia militar de Vargem Grande, sob o comando do 1º Tenente Rios, foi informada de que no bairro Alto Alegre um homem teria efetuado um disparo de arma de fogo contra um cachorro.

No local informado, a guarnição constatou que Raimundo dos Santos Silva utilizou uma espingarda do tipo bate-bucha para matar o cachorro de estimação de um vizinho. O disparo atingiu o pescoço e a cabeça do animal. O acusado foi localizado em sua residência juntamente com a arma utilizada no fato e conduzido até a delegacia do município.

Arma utilizada no fato.

Flávio Dino discute incentivos para a produção de cachaça maranhense com entidades do setor

Jorge Fortes, proprietário da Cachaça Capotira, com o
Governador Flávio Dino.
Adensamento da cadeia produtiva da cachaça, regularização de produtores e estratégias para o fortalecimento do mercado de bebidas foram alguns dos temas discutidos na reunião de trabalho realizada pelo governador Flávio Dino nesta segunda-feira (15), no Palácio dos Leões.

Na ocasião, ele recebeu representantes do Sindicato de Bebidas (Sindibebidas), empresários e outras instituições do setor. Além da tradicional tiquira feita à base de mandioca, as cachaças de cana de açúcar são muito produzidas em diversas regiões do estado, segundo o presidente do Sindibebidas, Francisco Rocha. E também uma das primeiras iniciativas para profissionalizar e dar competitividade à produção local e à regularização de produtores.

“Nunca antes tivemos ações com encadeamento lógico, de modo a alcançar resultados no conjunto, seja para melhoria da qualidade ou da produtividade. E agora temos aqui a reunião de 20 instituições com o propósito de consolidar essa produção artesanal e estabelecermos metas de termos até o ano que vem 20 marcas de cachaças no mercado formal, vendidas em supermercados, conveniências, para que o consumidor possa acessar nossos produtos”, comentou Francisco Rocha.

Itens feitos pelos produtores maranhenses de cachaça.
Além de produtores, o projeto intitulado Cachaça Artesanal e Tiquira do Maranhão (Cartima) conta com a participação de instituições financeiras, universidades como a Estadual do Maranhão (Uema) e Instituto Federal do Maranhão (IFMA), entre outros.

Cadeia Produtiva da Cachaça

Ainda do governo estadual, participaram da reunião os secretários de Agricultura (Sagrima), Marcio Honaiser; de Turismo (Sectur), Diego Galdino; de Indústria e Comércio (Seinc), Simplício Araújo; e de Meio Ambiente (Sema), Marcelo Coelho. Eles contribuem com diferentes iniciativas para incremento da produção do setor.

“É uma reunião importante que já mostra a determinação que o Governo do Maranhão tem com várias secretarias para desenvolver mais uma cadeia produtiva, dessa vez agora a cadeia produtiva da cachaça e da tiquira, que têm como base a cadeia de cana de açúcar e da mandioca”, comentou Honaiser.

O secretário também detalhou as ações em curso: “Estamos agora, através de uma instituição contratada, fazendo um trabalho de levantamento dos alambiques maranhenses para ver aqueles que têm um potencial para que possamos em parceria desenvolver cada vez mais”.

Reunião com o Governador.
José Lúcio Ferreira, presidente da ExpoCachaça, evento mineiro que é o maior divulgador do ramo no país, comentou as impressões das possibilidades maranhenses no ramo.

“Fiquei muito feliz de ter vindo de Belo Horizonte para cá porque uma coisa que a gente briga é para ter um produto de qualidade, mas para isso a gente precisa ter um mercado organizado e o aconteceu aqui foi exatamente começar com a forma correta, reunir todos os grandes produtores, instituições que são parte do mercado junto à iniciativa pública em prol do desenvolvimento”, comentou.

Também participaram da reunião, o Sistema Fiema, com representantes da Federação das Industrias do Maranhão (Fiema), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Senai e representantes de instituições financeiras como o Banco do Brasil.

Carlos Sérgio desponta como um dos favoritos para disputar a presidência da OAB-MA

A OAB do Maranhão vive uma das suas maiores crises internas. A atual gestão, capitaneada por Thiago Diaz vem sofrendo uma série de defecções por incompatibilidade de pensamentos e até mesmo pela postura do atual presidente de não aceitar a críticas daqueles que rejeitam o instrumento da reeleição. Diante dessas insatisfações, nomes vão deixando a atual gestão, os quais surgem como pré-candidatos a presidência. Além dos ex-aliados, ainda existem aqueles que estão no campo da oposição que já se organizam para a disputa. Mais de dez nomes são cotados para disputar o comando da entidade que representa os advogados maranhenses.

Thiago Diaz é o primeiro nome a ser citado. Afinal no cargo de presidente, ele já revelou no ano passado em entrevista ao jornalista Aquiles Emir da revista Maranhão Hoje, que disputaria a reeleição. Foi a partir desse momento que iniciou a crise interna. Apesar de fragilizado, ele garante ter ainda muitos apoiadores e está confiante que pode vencer novamente a disputa.

No campo da oposição, o grupo mais forte que surge é o Vem Comigo que pode apresentar o nome de Mário Macieira para o pleito. Considerado um dos melhores que já passou pelo comando da OAB/MA, o ex-presidente é quase unanimidade, porém o próprio ainda tem resistência de enfrentar as urnas, pois teria outros projetos, mas tem chances reais de voltar a corrida eleitoral.

Caso Macieira não tope, outro provável candidato é Carlos Brissac, ele se enquadra na categoria que mais cresce dentro da advocacia e garantiu a vitória de Thiago Diaz que é a do jovem advogado. É um dos líderes mais atuantes do grupo Vem Comigo.

Advogado Carlos Sérgio.
Outro nome que surgiu por estímulo de advogados maranhenses foi o de Carlos Sérgio de Carvalho Barros, a informação foi divulgada em primeira mão também pelo jornalista Aquiles Emir. O especialista em direito eleitoral chegou a compor a diretoria da OAB-MA no primeiro mandato de Mário Macieira, mas desistiu de continuar no segundo, alegando excesso de trabalho em seu  escritório. Consultado sobre este movimento em torno do seu nome, Barros diz que não está se lançando a nada, tampouco trabalha no sentido de se fortalecer como pré-candidato, porém diz que fica envaidecido pela lembrança e pondera que, se convidado para participar de um projeto que seja viável em termos eleitorais, pode pensar na possibilidade. Carlos Sérgio tem forte aceitação na região do Itapecuru e do Baixo Parnaíba, sendo muito conhecido pelos advogados que atuam nessas regiões (reveja aqui e aqui).

Candidatos em eleições anteriores, Daniel Blume e Roberto Feitosa estão unidos em um movimento intitulado Repense OAB. Os dois são cotados para a disputa, por isso são pré-candidatos ao cargo, assim como no grupo Vem Comigo, um deve tomar a dianteira e sair para a disputa, o outro pode ficar para eleição de Conselheiro Federal. Vale destacar que a dupla declarou apoio a candidatura de Valéria Lauande no último pleito.

Outro conhecido nome e que também concorreu ao cargo de  presidente na última eleição é Mozart Baldez.  Após não obter sucesso nas urnas acabou criando um Sindicato dos Advogados, o SAMA que pode ser até confundido com o Sindicato de Astronomia do Maranhão, mas o advogado garante que o projeto não é lunático e mantém forte atuação em defesa da categoria. Mozart tem se mostrado combativo na relação existente entre o judiciário e os advogados.

No grupo de insatisfeitos à gestão de Thiago Diaz surgem o atual vice-presidente Pedro Alencar e o Conselheiro Federal Charles Dias. O vice foi o primeiro a romper, após o anúncio do presidente de desejo de concorrer a reeleição, ele também denunciou possíveis abusos financeiros na atual gestão, Alencar já vem formando um grupo e pode ser um forte concorrente.

Já Charles que também era pré-candidato em 2015 e acabou optando por formar uma chapa com Thiago, mostrando seu descontentamento com a postura do presidente, afirmou que existe uma “sede pelo poder”. O Conselheiro trabalha por uma indicação no CNJ, mas para alcançá-la precisa ser reeleito esse ano, por isso ele pode se agrupar com Pedro ou outro nome, se não tiver consenso vai para o embate pela presidência.

Na última semana, uma mulher apresentou o nome nessa disputa que é predominantemente composta por homens. Ana Cristina Brandão resolveu atiçar os debates ao anunciar sua pré-candidatura a sucessora de Thiago Diaz na eleição deste ano. A informação mais uma vez foi divulgada com exclusividade pelo jornalista Aquiles Emir.

Apesar de ter militado em várias campanhas na Ordem, ela nunca ocupou nenhum cargo na instituição, o que não a impede de manter um bom trânsito com diretores e conselheiros, por isto acredita que terá facilidade de montar uma chapa competitiva, já que nem passa pela sua cabeça usar esse artifício de pré-candidatura para acordos futuros a fim de obter outro cargo, como tem sido comum na instituição.

Por fim também que está no páreo é Erivelton Lago. O advogado é ex-conselheiro e ex-presidente da Comissão de Prerrogativas. Ainda tímido no debate, ele tem adotado uma postura cautelosa, mas revela uma preocupação com o debate público sobre divergências políticas por um dos grupos da instituição, pois teme que isto possa macular sua imagem perante à sociedade.

São onze nomes na condição de pré-candidato, obviamente muitos podem desistir até lá e fazer composições. Assim como no caso dos grupos Vem Comigo e Repense OAB, apena um deve ser lançado na disputa.

A eleição da OAB ocorre em novembro desse ano e pode até ter sofrer influência também da disputa partidária pelos cargos de governador e presidente da República. Atualmente mais de 13 mil advogados estão aptos para votar.

Do Blog do Diego Emir.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Incentivo à agricultura familiar agora é lei no Maranhão

O governador Flávio Dino sancionou a lei aprovada pela Assembleia Legislativa que cria o Programa de Incentivo à Agricultura Familiar no Maranhão. Isso significa que as ações para estimular os pequenos agricultores agora estão protegidas por uma legislação específica.

A autoria da lei é do próprio Governo do Maranhão. Ela prevê a distribuição de equipamentos e materiais agrícolas, tanto para associações quanto para produtores individuais. A ideia é incentivar o comércio para elevar a renda dos agricultores e aumentar a produção, bem com a competitividade desse segmento.

“Com a criação da lei, iremos dinamizar e elevar a produção agrícola consolidando, dessa forma, a economia do nosso Estado e levando dignidade e qualidade de vida ao homem do campo”, diz Adelmo Soares, secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF).

Quem é beneficiado

A lei também define quem é o agricultor familiar. Para ser enquadrado nessa categoria, ele não pode extrapolar a posse de uma determinada área (varia de acordo com o município) e precisa usar predominantemente mão de obra da própria família.

É preciso atender, ainda, a um teto de renda familiar e ser o dono do empreendimento ou estabelecimento.

A lei também beneficia silvicultores, aquicultores, extrativistas, pescadores, povos indígenas e quilombolas, desde que atendem os quesitos ou parte dos quesitos já citados. A verba para o Programa de Incentivo à Agricultura Familiar no Maranhão sairá do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza e de outras fontes estaduais e federais.

A Secretaria da Agricultura Familiar fica autorizada pela lei a doar equipamentos e materiais agrícolas aos beneficiários listados, desde que não fiquem ociosos ou sejam vendidos ou alugados. “Cuidar das pessoas é o objetivo e compromisso do Governo do Estado. Com ações concretas estamos fortalecendo e escrevendo uma nova história na agricultura familiar do Maranhão”, acrescenta Adelmo Soares.

Mobilização Nacional da Lei Seca promove mais de 1 mil testes do etilômetro na capital

O Batalhão da Polícia Militar Rodoviária (BPRv) e o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) efetuaram grandes barreiras em São Luís durante a Mobilização Nacional da Operação Lei Seca, promovida entre os dias 12 e 14 de janeiro. Durante o período, foram realizados 1.010 testes do etilômetro e identificados 106 flagrantes de alcoolemia.

Do total de casos de embriaguez, 79 motoristas foram autuados por se recusarem a fazer o teste do etilômetro e 24 foram flagrados pelo equipamento, dois com resultado acima de 0,33 mg/L, o que caracteriza crime de trânsito, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Em todo o país, foram totalizadas 10.933 abordagens e 1.037 flagrantes de alcoolemia.

A Mobilização Nacional foi uma iniciativa do Fórum Permanente da Operação Lei Seca, que é formado por representantes de nove Estados, entre eles o comandante do BPRv, tenente-coronel Augusto Magalhães, e a coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran-MA, Rositânia Farias. Segundo ela, a Operação Lei Seca salva vidas todos os dias.

“A Operação Lei Seca já tirou das ruas milhares de pessoas que dirigiam sob o efeito de álcool. É uma operação respeitada pelo caráter ostensivo e compromisso de todos com o cumprimento da lei”, afirmou a coordenadora.

Para o tenente-coronel Augusto Magalhães, a Operação Lei Seca tem mudado a cultura da cidade. “As pessoas estão mais conscientes e informadas. Elas sabem que desobedecer à Lei Seca é uma infração gravíssima, que tem como penalidades a suspensão do direito de dirigir e multa de quase três mil reais”, destaca.

O Detran-MA está presente na Operação Lei Seca desenvolvendo as ações de educação para o trânsito. Educadores do Detran-MA conversam com os motoristas e passageiros e entregam material informativo sobre a Lei Seca e os riscos de beber e dirigir, paralelamente à realização dos testes pelos policiais.

Homem é preso após tentar roubar moto na zona rural de Vargem Grande


Por Blog do Alpanir Mesquita.

A polícia militar de Vargem Grande, que tem como comandante o competente 1º Tenente Rios, efetuou mais uma prisão no município. Foi preso na tarde deste domingo (14) Antônio José Braga Carvalho, de 20 anos, por tentativa de assalto.

Segundo informações repassada pela guarnição, Antônio José e outro acusado que não foi localizado tentaram tomar uma motocicleta na estrada vicinal que dá acesso ao povoado Caldeirões.

Duas mulheres trafegavam pela via e, ao passar por uma ponte e reduzir a velocidade do veículo, foram surpreendidas por dois homens que anunciaram o assalto. Elas não pararam e informaram a polícia militar do ocorrido, que prontamente iniciou as buscas e prendeu um dos acusados.

domingo, 14 de janeiro de 2018

Sistema SAF entrega carro a AGERP do município de São Raimundo das Mangabeiras


Na última quarta-feira, 10, a equipe do Sistema SAF (SAF, AGERP e ITERMA), comandada pelo secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, junto a vereadora de Caxias, Aureamelia Soares, voltou até São Raimundo das Mangabeiras para a entrega de um carro para a AGERP da cidade. O prefeito Rodrigo Coelho, junto com a primeira dama, Elmorane Coelho, receberam a comitiva.

O carro ajudará bastante na assistência técnica do município, garantindo que o agricultor e a agricultora familiar de São Raimundo das Mangabeiras receba o suporte em seu trabalho, melhorando a produção do homem e mulher do campo. A cidade contará com a presença de uma técnica de assistência técnica e extensão rural, que trabalhará junto aos trabalhadores rurais.

Participaram do evento: o superintendente de Articulação Política do Baixo Balsas, Félix Resplandes; da AGERP: o coordenador de Gestão e Informação Rural, Pedro Pascoal, o coordenador dos Escritórios Regionais, Aldean Cavalcante e o gestor Regional de Balsas, Aldecy Pereira; da SAF: o superintendente de Reordenamento Agrário, Pedro Belo e a assessora especial, Sheron Virgínia; o ex-prefeito da cidade, Francismar Carvalho; vereadores e secretários municipais. O secretário da SAF, Adelmo Soares, afirmou que as ações visam fortalecer ainda mais o trabalho dos técnicos da AGERP para que o Maranhão tenha uma agricultura familiar cada vez mais forte.

“É com muito trabalho que vamos melhorar a vida do trabalhador e da trabalhadora rural do Maranhão. Este veículo é mais uma ação da gestão do Governo do Estado, através da Secretaria de Agricultura Familiar – SAF, em parceria com a prefeitura da cidade, onde juntos somos mais fortes no desenvolvimento da agricultura familiar maranhense”, encerra.

Caminhão capota na BR-222 em Vargem Grande

Caminhão após o acidente.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Na noite deste sábado (13), por volta das 22h, mais um acidente foi registrado na BR-222, desta vez nas proximidades do povoado Boi Manso, zona rural de Vargem Grande.

O condutor de um caminhão Mercedes Benz perdeu o controle do veículo e capotou na estrada. Segundo informações da polícia militar, o condutor era Erieudes Nascimento de Sousa, de 40 anos. Ele foi socorrido pela guarnição e também por populares e em seguida encaminhado para o Hospital Municipal Benito Mussoline com escoriações pelo corpo, mas fora de perigo.

Deputado Cleber Verde tem celular clonado e vira vítima de estelionatário

Em post publicado no Facebook neste sábado (13), o deputado federal Cléber Verde (PRB) disse ter sido vítima do crime de estelionato.

O parlamentar contou pela rede social que teve o celular clonado nesta sexta-feira (12) por um desconhecido que ao acessar os contatos telefônicos de Cléber passou a solicitar empréstimos financeiros pedindo que lhe repassassem uma certa quantia. O estelionatário alegou, em nome do deputado, que ultrapassou o limite diário no Banco do Brasil e precisaria transferir dinheiro para um suposto beneficiário.

Veja abaixo o que disse Cléber Verde após registrar um boletim de ocorrência (veja foto no fim da matéria) em um distrito policial em Brasília.

Olá amigos e amigas.

Fui vítima de estelionato, ontem, 12 de janeiro, no horário de 9h às 19h, quando tive o número do meu telefone clonado por desconhecido, que utilizou minha linha telefônica para acessar o WhatsApp. A partir daí, ele se dirigiu aos meus contatos telefônicos para solicitar empréstimos financeiros, alegando que eu já teria ultrapassado meu limite diário do Banco do Brasil e precisaria transferir certa quantia para um suposto beneficiário, determinado e identificado na ocorrência, repassando-lhe tal quantia, e que, após a efetivação desse ato, eu me comprometeria a devolvê-la assim que restabelecesse meu limite diário. Chamo a atenção para esse fato, compartilhando essa informação com todos vocês, para preveni-los do ocorrido e orientá-los para que isso não aconteça com outrem. Caso seu aparelho fique sem serviço e surja a suspeita de problemas com seu aplicativo WhatsApp, procure imediatamente a sua operadora. Confirmando-se o golpe, registre boletim de ocorrência junto à delegacia mais próxima. Aguardo que as investigações possam levar à prisão desse delinquente.

Grato pela atenção.
Abraço
Cleber Verde


Do Blog do Minard.

Idoso tenta sacar aposentadoria com documento falso em Santa Rita


SANTA RITA – Um idoso, identificado como José Bezerra, de 66 anos, foi preso nesta sexta-feira (12), em Santa Rita, acusado de praticar estelionato.

Depois de uma ligação feita pelo gerente da Caixa Econômica do município, a polícia recebeu a informação de que o idoso estava usando documentos falsos para tentar sacar benefícios de aposentadoria.

Ao chegar ao local, a equipe policial abordou o idoso. Ele alegou que estava praticando o crime a mando de um homem conhecido apenas como ‘Chupeta’. Em troca, o suposto mandante pagaria o idoso com R$ 300,00.

A PM encontrou, junto com José Bezerra, a quantia de R$ 1.460, fruto de fraude. Ele foi conduzido até a DP do município, onde fica à disposição da Justiça.

Do Portal MA 10.