domingo, 28 de maio de 2017

Vargem Grande de Ontem: Dr. Artur e seu amor por nossa cidade...

Dr. Artur, sua esposa Rosalina, Dr. Figueredo e demais.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Em mais uma edição da coluna "Vargem Grande de Ontem", que irá ao ar na manhã de todos os domingos e que foi idealizada pelo Titular do Blog, vamos relatar um pouco da história de vida do médico Artur Messias Freire Filho, o Dr. Artur, como era conhecido por todos no município.

Dr. Artur chegou em Vargem Grande nos últimos dias do ano de 1975, mais precisamente no dia 26 de dezembro. Recém formado como médico pela Universidade Federal do Maranhão, começou a trabalhar no ambulatório das irmãs. Vendo a necessidade de ampliar e melhorar o atendimento da população, deu início a construção do Hospital São Raimundo, localizado na Praça Neuza Portela. Um fato que merece destaque é que o próprio Artur colocava as "mãos na massa", isso mesmo, trabalhava como pedreiro na construção daquilo que foi sua vida. "Isso é um louco. Um doutor pegando no 'pesado'. Onde já se viu?", diziam as pessoas.


Cirurgia sendo realizada no Hospital São Raimundo.
Depois de inaugurado, o Hospital São Raimundo tornou-se referência na cidade e em toda região com atendimento de pessoas naturais de Nina Rodrigues, Itapecuru-Mirim, Chapadinha, Coroatá, Urbano Santos, Presidente Vargas, etc. O hospital funcionou até 2001 sendo responsável por milhares de atendimentos, de internações, de partos e de cirurgias de um modo geral. O Titular do Blog, por exemplo, nasceu lá às 5 horas da manhã de uma quinta-feira 5 de setembro de 1991.

Dr. Artur também teve participação na política local sendo candidato a prefeito em 1996, ficando em terceiro colocado em uma das eleições mais emblemáticas da história do município. Anos atrás havia elegido a esposa Rosalina Freire como vereadora. Um momento delicado e difícil de sua vida foi a perda do filho mais velho Terceiro, que recorreu ao suicídio.

O jovem Artur quando chegou em Vargem Grande.

Último registro fotográfico de Dr. Artur dois meses antes de sua morte.

Na vida pessoal, era conhecido pelas festas e banquetes fartos que promovia em sua residência a sociedade vargem-grandense na época. O seu nome era sinônimo de alegria e de festa. Sua morte aconteceu de forma precoce em 2003, com apenas 55 anos, enquanto fazia uma das coisas que mais amava: pescar. Artur morreu por afogamento após cair do seu barco em alto mar.

Sem dúvidas Dr. Artur deixou um legado em nossa cidade e jamais será esquecido, pois apesar de não ter nascido aqui, amou e trabalhou como se fosse filho da terra. À ele, uma justa homenagem. 

5 comentários:

  1. Mesmo depois de atravessarem a última fronteira, mesmo depois do último adeus, aqueles que partiram continuam fazendo parte da vida dos que ficaram através da saudade.

    Dessa forma quem morre nunca desaparece por completo, e essa é a melhor homenagem que quem fica pode dar a quem partiu. Lembrar e falar com carinho de quem se foi.

    Recordar os bons momentos passados junto deles, e por toda a vida carregar a sua imagem sempre no coração.

    Acreditando que a morte não é uma separação definitiva, mas apenas temporária, rezo para que todos os que já partiram encontrem a paz no reino de Deus!- conheci e tive a felicidade de conviver jogar futebol, viajar, desfrutar de festas em fim, uma pessoa que gostava mais de Vargem Grande duque muitos que são seus filhos, tenho certeza que ele passou da morte para a vida e encontrou a sua salvação, eternas saudades de um homem bom, não sei se para outros, pois nem cristo agradou a todos, muito bem lembrado essa homenagem ao Médico, DR, ARTUR MESSIAS FREIRE FILHO..........

    ResponderExcluir
  2. Nossa!! Com certeza, apesar de não ter o prazer de ter o conhecido, mais ouvir muito falar de sua pessoa e muito bem, por sinal.

    ResponderExcluir
  3. Legal a homenagem. Gente boa

    ResponderExcluir
  4. Nossa parabéns adorei lê esses comentários,os meus dois filhos Pablo é Ranna nasceram no Hospital S. Raimundo, Dr Figueredo trabalhava na época ñ hospital e fez o Cesário dos dois, continua relembrando as coisas boas da nossa humilde Vg, parabéns.

    ResponderExcluir