terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Delegado diz que principal suspeito de assassinar porteiro vargem-grandense é seu ex-cunhado

Antônio Viana.
A polícia identificou o principal suspeito de assassinar o porteiro Antônio Diniz Viana, de 30 anos, alvejado com tiros no Turu, próximo a sede do Sampaio Corrêa, na noite da última sexta-feira (05). Tony, como era conhecido, era natural de Vargem Grande (saiba mais aqui e aqui). De acordo com a polícia, o suspeito é o ex-cunhado da vítima.

“Ele teria brigado com o ex-cunhado, no final de dezembro. A irmã dele terminou com esse ex-cunhado, que ficou com raiva, e começou a mandar mensagens de ameaças, dizendo que sabia sobre o caminho e a vida dele”, afirmou o delegado Felipe César, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

O porteiro foi abordado pelo ex-cunhado na rua após sair do condomínio em que trabalhava. Os tiros atingiram o tórax e a região cervical de Antônio. De acordo com as testemunhas, o assassino estava acompanhado de outras pessoas e desceu de um veículo modelo gol de cor prata. Após isso, Antônio Viana foi levado a UPA da Vila Luizão, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

As informações são do Jornal Pequeno.

5 comentários:

  1. Tbm essa irmã dele já casou com uns 200 homens, por causa dela o irmão perdeu a vida

    ResponderExcluir
  2. Vai te lascar
    Talvez foi vc q tirou a vida dele q nem o delegado sabe da versão certa e nem os blogueiros..ô gente q só fala merda n sabede nada


    ResponderExcluir
  3. Essa informação de ex.cunhado n procede logo pq a irmã dele n era casada e outra cuida da tua vida q talvez o último homem q ela casou foi contigo

    ResponderExcluir
  4. Oh mulher bandida só arrumar mala, tudo é culpa dela não se aqueta com homem nenhum ainda é usuária! Era pra prender era ela.

    ResponderExcluir
  5. Deixou as mulheres tudinho pros outros!

    ResponderExcluir