CAMPANHA IPVA+MOTO LEGAL

CAMPANHA IPVA+MOTO LEGAL

domingo, 13 de agosto de 2017

Vargem Grande de Ontem: Saudades do meu Pai...

Meu aniversário de quatro anos.
Por Blog do Alpanir Mesquita.

Em mais uma edição da Coluna Vargem Grande de Ontem, que foi idealizada pelo Titular do Blog e que é sinônimo de sucesso, pois sempre busca resgatar registros históricos de nossa cidade, vamos aproveitar o Dia dos Pais para fazer uma justa homenagem a Alpanir Rocha Mesquita, meu pai.

Quem me acompanha diariamente no Blog sabe que não costumo escrever em primeira pessoa, não emito opiniões nas matérias (prezo por passar a notícia da forma mais imparcial possível) e não falo da minha vida pessoal, somente em raras exceções, como hoje.

Fotos do álbum de família.
Para você que não me conhece, certamente conheceu meu pai em algum momento dos seus 53 anos de vida. E não é por que é meu pai não, mas era uma pessoa íntegra, de caráter e de personalidade forte. Durante sua vida passou pelo exército do Brasil, pelo comércio de São Luís e também de Vargem Grande, onde exerceu o cargo de gerente do Armazém Aragão, mas foi como taxista e servidor público da escola Raulina que ficou conhecido em toda cidade.

Fotos do álbum de família.
Despertou em si o desejo de ingressar na política e de pronto recebeu o apoio de toda família, sem exceções, algo raro nos tempos atuais. Candidatou-se a vereador por duas vezes, atingindo em uma delas a segunda suplência.

Fotos do álbum de família.
Pai exemplar de três filhos e um marido presente, infelizmente não está mais entre nós para ver como sua família cresceu. Se vivo estivesse, partilharia da felicidade dos seus dois netos Ester Vitória e Alpanir Neto, que nem preciso dizer que recebeu o nome em sua homenagem. E digo mais, não tinha nome mais apropriado, pois a semelhança é incrível. Desde o rosto ao caminhar.

Fotos do álbum de família.
Em 2017 completou cinco anos que você se foi meu pai e lembro-me de cada detalhe daquele dia, de como reagimos a notícia, de quem estava conosco, de como foram aquelas 24 horas, enfim, parece que é hoje aquele 13 de julho de 2012. Lembro-me também de como foi conviver com você durantes quase 21 anos, dos ensinamentos, dos conselhos, das broncas e de todo o aprendizado que conquistei através de você. Você partiu de forma prematura, mas deixou três filhos maduros e uma mulher que soube ocupar como ninguém o espaço que você deixou.

Obrigado por tudo e um feliz Dia dos Pais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário