CAMPANHA IPVA+MOTO LEGAL

CAMPANHA IPVA+MOTO LEGAL

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Governo inicia atendimento no Hospital de Traumatologia e Ortopedia


Com a abertura do Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), o Governo do Estado coloca à disposição da sociedade atendimento especializados em ortopedia e traumatologia. Sessenta pacientes foram agendados, nesta terça-feira (10), para atendimento ambulatorial no primeiro dia de funcionamento do novo equipamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES). 

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, explicou que os investimentos na rede estadual de saúde vem sendo realizados com o objetivo de beneficiar os cidadãos. “A gente faz hoje a saúde de forma diferente, pensamos de forma regional. Nós temos seis hospitais regionais e agora temos um hospital de traumatologia e ortopedia. O hospital foi inaugurado hoje, mas já começa com 60 pessoas sendo atendidas”, destacou o secretário Carlos Lula. 

A doméstica Edinei de Jesus Costa, de 44 anos, machucou o joelho depois de cair no quintal de casa, o que ocasionou lesões no menisco. A paciente foi avaliada, nesta terça-feira (10), por um dos médicos do Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO) do Maranhão. “Estou muito feliz, de verdade. Foram dois anos de muita dor e sofrimento, mas que agora está perto de acabar. Tinha vezes que eu não conseguia nem levantar da cama. Estou feliz demais, porque só preciso fazer alguns exames para voltar e marcar a cirurgia” festejou. 

Segundo a coordenadora do Centro Cirúrgico do hospital de alta complexidade em ortopedia e traumatologia, Renata Gonçalves, com a ampliação da rede a população contará com um hospital de excelência. “Estamos tendo aqui a oportunidade de tratarmos os pacientes ortopédicos com qualidade, com uma equipe comprometida para beneficiar o paciente para melhorar a expectativa e a qualidade de vida dele”, afirmou. 

Outro paciente atendido durante o primeiro dia de funcionamento do hospital foi o caminhoneiro Fabiano Antônio Câmara Diniz, de 32 anos. Um grave acidente causou a fratura de vários ossos do quadril e perna. “Finalmente consegui falar com um especialista em ortopedia, depois de seis meses de espera. Mas isso só aconteceu graças a essa estrutura ótima. Eu conversei com o médico e ele avaliou meu caso e disse que talvez seja preciso fazer outra cirurgia, mas estou confiante porque o hospital tem toda a estrutura necessária”, contou. 

Um comentário: